sexta-feira, 4 de julho de 2014

Praia do Forte: Castelo Garcia D´Ávila

Sempre que fui a Praia do Forte tive curiosidade em conhecer este castelo que recebe outras denominações: Torre de Garcia D'Avila ou Torre de Tatuapara, Solar da Torre, ou Solar de Tatuapara, Casa da Torre de Garcia D'Avila, ou simplesmente Casa da Torre.



Além de sol e praia podemos conhecer um pouco mais da história do Brasil em especial da região Nordeste.
A expressão Casa refere se a um termo antigo que sugere: casa forte, castelo ou torre.
Foi a primeira construção portuguesa no Brasil com arquitetura residencial militar.

Antes de conhecer a Casa da torre, vamos falar um pouco da família Ávila que teve um papel muito importante para o desenvolvimento e povoamento da região norte da Bahia e do país.


                                  

Garcia de Sousa Dávila era filho de Tomé de Sousa, primeiro governador geral do Brasil. Foi nomeado feitor e almoxarife da cidade de Salvador, era um cargo sem ordenado em que se vivia ao sabor das aventuras e agruras dos afazeres.

E pelo visto Garcia D´Ávila levava jeito pro negócio. Ele recebeu uma grande extensão de terra que incluía Tatuapara, pequeno porto cinqüenta metros sobre o nível do mar, hoje Praia do Forte. Chegou na Bahia em 1549 e em 1557 já era o homem mais poderoso do estado. Era dono do maior latifúndio do Brasil, terras que iam da Bahia até o Maranhão o equivalente aos territórios de Portugal, Espanha, Holanda, Itália e Suíça. Trouxe o gado nelore e pés de coco-da-baía. Em 1551, ergueu a primeira construção portuguesa no Brasil com arquitetura residencial militar.

Então, vamos falar um pouco sobre esta construção ímpar.
As obras de construção do Castelo só foram concluídas em 1624, 73 anos depois pelo neto Francisco Dias D´Ávila. É a única construção em aspecto de castelo da América. Seu último morador foi o Visconde da Torre de Garcia D´Ávila.

A primeira etapa da construção do Castelo tem suas paredes de tijolos e é composta de uma Capela sextavada e abobadada, em estilo medieval canônico, e salas contíguas recobertas por cúpula e abóbada de aresta com arcos diagonais, iguais às do Paço de Sintra, em Portugal. A Capela Nossa Senhora da Conceição ainda é utilizada pela população todo dia 1º de Novembro, dia de Todos os Santos.
O Castelo, segunda etapa da construção, foi construído em alvenaria de pedra e se desenvolve simetricamente em torno de um pátio de honra, em estilo renascentista,onde talvez os visitantes eram recebidos. Uma escadaria dupla conduzia ao primeiro pavimento.



Uma terceira fase da construção, datada do início do século XVIII, também em pedra, amplia o Castelo. Possui arcadas que remetem ao estilo medieval e características de fortificação feudal.





A mão de obra foi solicitada de Portugal, eram ladrões e indivíduos de má índole que após o trabalho eram colocados em porões com apenas duas janelas para ventilação.
Desta fortificação os sentinelas vigiavam o mar e faziam sinais de alerta com o fogo acerca da aproximação de navios assim, a praia ficou conhecida como Praia do Forte. Teve papel fundamental para defesa de terras e expulsão dos invasores estrangeiros, bem como na luta pela independência do Brasil.

                        



A vista é espetacular!





Não há registro escrito da arquitetura real deste monumento, por isso a maquete abaixo é uma representação aproximada do que poderia ser o castelo na época.



Para chegar até o castelo saindo de Salvador, siga pela BA 099 (Linha Verde), após o pedágio, são 40Km. A entrada de Paria do Forte fica a sua direita, observe as placas de sinalização. Assim que entrar pegue a direita novamente, após 2,5Km de estrada de barro, você estará no seu destino.
Cobra se R$10 (inteira), R$5 (meia) para visitação. Horário de funcionamento: de seg a sab das 9h as 17h. Telefone:+55 71 3676-1133.

Esse verdadeiro castelo de características medievais foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico Nacional (1938).Hoje é uma propriedade particular administrada pela Fundação Garcia D´avila que preserva o Castelo e incentiva pesquisas arqueológicas no entorno do monumento.

Pode acontecer do Castelo tá fechado para algum evento, aí é só mais um motivo pra você retornar à Praia do Forte, rsrs.

E você, já conhece o castelo? Por favor, deixe seu comentário e conte sua experiência.

Confira outras opções de lazer em Praia do Forte e arredores:
- Observação de baleias
- Praia do Diogo

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...