terça-feira, 16 de setembro de 2014

Praga- como chegar e onde ficar

Vamos conhecer Praga, mas onde fica esta cidade?

Fica aqui ó:




Entre os meios mais comuns de chegarmos a Praga, escolhi o trem por se tratar de um percurso de menos de 5 horas, ser mais barato que o avião e recomendo por ser um trajeto muito lindo. Relato aqui como foi esta experiência.
Ainda no Brasil, comprei online o ticket no site da empresa alemã de trens DB Bahn.

Segue o passo a passo para a compra online de seu bilhete:

1º escolha o idioma espanhol pra facilitar:
2º escolha  o local de saída e seu destino, data e horário:



3ª confirme a data, horário e preço:



4ª escolha como quer receber seu ticket e escolha seu assento, lembrando que a reserva de assento custa 4,50 euros:



5ª escolha forma de pagamento e coloque seus dados:



6ª escolha sua poltrona e imprima seu bilhete que será enviado pro seu email assim:



Interpretando os dados importantes da sua reserva: Von (de), Nach (para), Datum (data), Zeit (horário) e Farhrt/Reservierung ( dados da viagem). Neste último item consta o seguinte:
EC 175 é o número do trem, Wg. 255 é o nro do vagão, Pl. 46 é o assento, Fenster quer dizer janela e Tisch quer dizer mesa. Pronto, é só imprmir e guardar até o dia da viagem.

Na época, efetuei o pagamento com o Travel Card Euro da Confidence Câmbio. Paguei 39 euros. Imprimir o bilhete em casa e apresentei no dia da viagem a bordo do trem ao fiscal.
Detalhe: tenha o cartão de compra do bilhete, pois este será o documento solicitado no dia e que estará impresso no bilhete.

O trecho era Berlin/ Praga, então cheguei na Hauptbahnof, estação central de Berlim, e um painel que não era eletrônico e sim de papel amarelo, informava a plataforma de saída do trem. Geralmente são trens longuíssimos, por isso é bom chegar cedo para procurar seu vagão e assento com tranquilidade. Ah, uma mala de rodinhas faz toda diferença. Há funcionários da empresa para orientar os passageiros. Encontrei meu vagão e assento, ele estava sinalizado com o meu trajeto e o do próximo passageiro. Há serviço a bordo com venda de doces, biscoitos e bebidas. Não usei. As paradas nas estações são rápidas não tem como descer para comprar algo. Por isso, recomendo que leve seu lanche, é mais barato e prático.

E começa a viagem... De um lado, você tem a montanha bem próxima da janela, ou seja, não se ver nada além de árvores. Do outro, o rio, as casas e as montanhas. Escolhi aleatoriamente o lugar e por sorte foi o melhor: a vista pro Rio Elba.

A viagem é simplesmente linda!

São campos verdes,



Casas com uma arquitetura fofa,


Uma rápida parada na estação de Dresden, que um dia quero vistar,



Rio Elba como companhia,



Vilarejos lindinhos,




Construções inusitadas,


Uma parada rápida na primeira cidade tcheca,


E aí, prefere ir de avião ou de trem?

São 4:41 que passam de forma graciosa. Nos proporciona uns instantes para meditar, ouvir uma música. Agradecer pelo momento único!  

Enfim cheguei na estação Praha,  fui buscar um local para trocar moeda . Sobre esta experiência contarei no próximo post.

Ainda na estação, comprei o ticket para o transporte público no valor de 32CZK, válido por 90 min após validação, para todo transporte público. Encontrei um atendente solícito que me explicou como fazer a compra no guichê da empresa. Contarei um pouco mais do transporte público em Praga neste post.

Agora, vamos rumo ao hostel Arpacay Backpackers na rua Nerudova que é uma subida e se você estiver com muito peso será um sofrimento. Malas com rodas é imprescindível.

Quando fiz a reserva do hostel imprimir a instrução em inglês de como chegar. Embora o trajeto incluía pegar metrô, fazer baldeações e pegar bonde, foi tudo bem. Seguir o que estava escrito e enfim arriei as malas no Hostel Arpacay.





Este hostel foi uma boa escolha. Segue abaixo minha avaliação.
Pontos positivos:
* preço - paguei 150 euros (cerca de 452 reais) para 4 diárias nos dias 30/12 a 03/01/14. Pelo período de Ano Novo foi um preço bom.
* café da manhã - embora fosse pago (cerca de 4 euros), era bem diversificado com queijo, presunto, chás, sucos, café e vários tipos de pães.
* wi fi - Grátis.Excelente nos quartos e em todo hostel.
* localização - Perfeita. A janela do quarto em que fiquei dava pro castelo de Praga. Fui vizinha do castelo por alguns dias… hihi. Estava próxima dos pontos turísticos. A rua Nerudova é uma subida como já citei, mas não considerei isso um problema.
* funcionários - Educados e atenciosos. Nada excepcional.

Pontos negativos:
* escadas - O acesso aos quartos que ficam nos andares superiores é pela escada. Cheguei com minha mala depois de subir uma ladeira, subir escadas foi sofrimento. Me parece que eles estavam planajenado colocar elevadores.
* barulho - Portas para abrir e fechar faziam uma zuada terrível.

Esta é a rua do hostel e sua ladeira

Recomendo e voltaria a me hospedar no Arpacay hostel.

Acompanhe outros posts sobre Praga aqui . Gostou do passeio? Comente, curta e compartilhe!

Atualização: o Arpacay fechou pra reforma e não abrirá tão cedo. Que pena!

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...