terça-feira, 23 de setembro de 2014

Praga: onde comer

Conto aqui a parte mais gostosa da viagem que passa por molhos, carne de porco, chocolate, tortas e cerveja da melhor qualidade.

Gulash +Pilsner Urquell= dupla perfeita


No inverno, a claridade é pouca, o dia é curto e o frio intenso. Assim, não quis perder tempo procurando restaurantes. Escolhi um e foi nele que almocei todos os dias. Encontrei-o sem querer caminhando na rua Narodni. 

Restaurante Sametova. Recomendadíssimo!

Procurava um local para comer o famoso gulash e me deparei com uma placa com a foto e o preço do gulash . Entrei e o garçom me acomodou no subterrâneo. Um espaço lindo e providencial, pois fazia muito frio lá fora.
Nas paredes quadros belíssimos e a decoração bem aconchegante. O atendimento excelente. A comida saborosíssima. E o melhor: o preço. Foi uma escolha e tanto!

No primeiro dia, lógico, pedi o gulash (primeira foto do post). É tipo uma sopa feita com carne de vaca cortada em cubos, cebola e as vezes leva vargem. Sua origem é húngara e pode ser encontrado na Austria, Alemanha e vários outros países daquela região. O gulash foi acompanhado de uma cerveja chamada Pilsner Urquell. A conta não passou de 10€.

No segundo dia pedi um puré de batatas com carne de porco e ervas. Acompanhado da cerveja Velckopopovicky Kozel. Novamente a conta não passou de 10€.


No terceiro dia foi a vez de algo comum mas muito gostoso. O Schnitzel, frango empanado e frito com salada de maionese e como de costume, a conta não passou de 10€. A cerveja para acompanhar foi a Rezane Kozel.


No quarto dia foi a vez de uma grande especialidade da culinária tcheca, o Knedlo. Um tipo de pão com um molho delicioso sempre acompanhado de carne. Desta vez a conta deu uns 12€.

Humm... Tava bom demais!

Não sei se você percebeu, mas todos meus pratos foram acompanhados de cerveja. Estava no país onde encontramos as melhores do mundo! Então… segue uma breve descrição das cervejas que pude apreciar:

Pilsner Urquell- é a mais famosa, uma lenda em si mesma. É a primeira cerveja pilsner do mundo e sua fabricação é na cidade de Plzen, na região da Boêmia. O controle sobre o processo de malteação produz uma cerveja clara de coloração dourada e brilhante que surge em meados do século XIX quando a maioria das cervejas eram escuras. Existem variações da cerveja pilsen pelo mundo, mas a Pilsen Urquell é única até porque a palavra “Urquell” significa original.

Velckopopovicky Kozel- uma cerveja tradicional que remonta aos anos de 1874. É uma das melhores cervejas escuras e já ganhou diversos prêmios. O símbolo da marca é um bode, “kozel” em tcheco.

Rezane Pilsner a Kozel- O termo Rezane significa misturar a cerveja clara (Pilsner) com a escura (Kozel) sendo uma boa opção pois se tem um sabor original e este hábito é típico da República Tcheca.
E como se fala cerveja em tcheco?: Pivo!

O restaurante Sametová fica aqui:

O Sametová fica no andar térreo deste prédio amarelo, na esquina da rua Narodni com a Mikulandská.


Praga possui vários cafés um deles muito antigo é o Café Louvre, a jóia da coroa de Praga. 




Foi muito frequentado por Franz Kafka, um mestre da literatura tcheca que escrevia em alemão. O café foi aberto em 1902. No livro  Franz Kafka & Praga, Harald Salfellner, Editora Tinta Negra, Franz Kafka faz a seguinte descrição do Café Louvre: “ Um foyer decorado com espelhos e um salão bem-iluminado com pé-direito alto e gravuras antigas nas paredes davam as boas vindas aos clientes.” Não mudou muita coisa não. O café até hoje surpreende.


Interior do Café Louvre

É um espaço aconchegante para recarregarmos as energias e desfrutarmos de um tiramissu como este, principalmente no inverno:

Tiramissu, sobremesa italiana com um toque praguense.


Outro café famoso é o Savoy, mas neste você precisa reservar. Eu não sabia e então comprei a famosa torta Savoy e levei para comer no hostel.

Torta Savoy

Caminhando pelas ruas não deixe de provar o trdlo uma massa doce feita numa máquina que deixa ele enroladinho e é vendido quente. Para aquecer a alma, um vinho quente com pedaço de limão.

Trdlo, massa doce polvilhada com açúcar.         Foto: flickr

Um chocolate pra adoçar a vida não faz mal a ninguém. Em Praga, você pode encontrar chocolates belgas deliciosos na Viva Praha na rua Celetná, pertinho da Praça Velha e do relógio Astronômico.

Barras de chocolate belga na loja Viva Praha


Estas são minhas dicas da culinária tcheca que gostei muito. Se for a Praga não deixe de prová-las!
Links:
Café Louvre - Narodní 22, Praga 1.
Café Savoy - Vítězná 124/5, Praga 5

Gostou do passeio? Curta, comente e compartilhe!

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...