quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Berlim: Reichstag, Muro, Tiergarten e muito mais...

Neste post vou destacar alguns pontos turísticos de interesse na cidade de Berlim. Aqui, não citarei todos, faltarão vários que você talvez julgue até imperdível. Mas, concerteza é um post que vai inspirar sua viagem e te ajudará a montar seu roteiro. Ah, também não vou citá-los na ordem de visita. Então, vamos ao que interessa: correr esta cidade que é um museu a céu aberto.



A primeira vista do muro


Ao me aproximar do Muro de Berlim desde o trem fiquei imaginando se era sonho ou realidade. Está perto de um símbolo de separação e ao mesmo de mudança me deixava ansiosa. Desci na estação Warshauer e segui em direção a East Side Galery que na verdade é a parte do muro transformada em uma galeria de arte com pinturas de artistas de várias partes do mundo. Talvez a maior galeria a céu aberto do mundo.








Alguns projetos colocaram as pinturas em risco. Em 2006, para acesso ao Rio Spree  foi removido uma parte do muro. Em 2013, foi anunciada a construção de apartamentos de luxos na região. Mas para nossa alegria, ainda podemos desfrutar das representações de esperança e anseios de uma sociedade que vivia os horrores da guerra e de regimes políticos distintos em que de um lado havia os socialistas e do outro os comunistas.

Para visitar o Muro, li uma sugestão do blog Agenda Berlim em que você desce na estação Ostbahnhof e segue até a ponte Oberbaumbrucke. Fiz o contrário, mas considero melhor ir da estação para a ponte. Além de conhecer o muro, pare um pouco as margens do Rio Spree para ver as aves e a outra margem do rio.


A bela ponte Oberbaumbrucke que liga os bairros Kreuzberg e Friedrichshain

Aves no rio Spree


Edifício do Reichstag onde fica o Bundestag, Parlamento Alemão

Este é sem dúvida o edifício mais visitado de Berlim e que testemunhou grandes acontecimentos da história alemã. Em 1894 sua construção ficou pronta. Em 1918 foi proclamada a república da Alemanha da sacada deste prédio. Entre 1919 e 1933 foi sede da República de Weimar. Em 27 de Fevereiro de 1933 o prédio pega fogo logo após a nomeação de Adolf hitler como chanceler. Hitler coloca a culpa nos comunistas e suspende os direitos humanos assegurados pela constituição da República de Weimar e a partir de então começa a governar por decreto. Após 1933, durantes muitos anos o Reichstag não foi utilizado devido aos danos causados pelo incendio. Em 3 de Outubro de 1990 foi usado para cerimônia oficial da reunificação da Alemanha.



 frase "Dem deutschen Volke" - "Ao povo Alemão", gravada desde 1916

Em 1992 é decidida a restauração do prédio e o projeto vencedor é o do britânico Normam Foster que cobre o Reichstag com uma cúpula de vidro e aço de 23.5 mt de altura. Em 1999 foi reinaugurado como sede do Parlamento alemão, o Bundestag.

interior da cúpula- ao passo que andamos ouvimos as explicações através do audio guia

É desta cúpula que temos uma vista maravilhosa de Berlim. Ao fazermos a visita com auxílio de um audio guia vamos subindo a rampa ao redor da cúpula e ao passo que andamos ouvimos a explicação de cada ponto da cidade que avistamos.

Vista da Torre de Tv e cúpula da Berliner Dom

Marschalbrucke e ao fundo a Friedrichstraße

Maior hospital universitário da Europa.Mais da metade dos ganhadores do Prêmio Nobel alemão em medicina e fisiologia vêm da Charité , entre eles Emil von Behring, Robert Koch (descubridor do bacilo da tuberculose) e Paul Ehrlich.

Se você fizer a visita ao Reichstag depois de ter conhecido a cidade será um repasso muito bom do que foi visto até agora. 
E como visitar este prédio?
Hum, é preciso agendar com muita antecedência através do site do Parlamento. Imprima sua reserva e apresente no dia e horário marcado. É grátis. Não atrase! Eles são pontualissíssimos.
E como chegar? Bem, não lembro bem onde eu estava mas, se não me engano foi na Berlin Hauptbahnhof. Ela é enorme, mas você segue a sinalização e desce até a última plataforma. Cuidado, pois o trem é bem curto e fica lá no cantinho, eu quase perdia ...rsrs. O metro te deixa praticamente em frente ao Reichstag.

Para reservar sua visita é só clicar aqui.

Tiergaten



Um antigo parque de caça da realeza que significa “jardim dos animais”. Sofreu com as ataques bélicos e foi devastado pela população que carecia de carvão e usaram a madeira das árvores para aquecimento.
Hoje, é o segundo maior parque de Berlim e oferece lazer para os moradores e visitantes. Como fui em pleno inverno, o frio afasta a população do parque. Lá encontrei apenas pessoas fazendo carridas e turistas como eu que estavam caminhando. No verão deve ser um lugar muito bom para um pic nic, tomar sol e curtir um dos biergarten ( jardins de cerveja) próximo do lago Neue See. 
Além disso, temos os monumentos ao longo do Tiergarten como:

Siegessaule ou Coluna da Vitória

Estátua de bronze, representação da deusa Vitória

Este monumento foi concluído em 1873 em comemoração a vitória da Prússia sobre a Aústria, França e Dinamarca. Primeiro foi colocado no Reichstag e depois transferida para o Tiergarten na Strasse 17 Juni. 


No céu de Berlim a Coluna da Vitória se destaca

Para ter acesso ao centro onde fica a coluna há uma passagem subterrânea. Nas paredes tem um painel luminoso que acende e apaga quando você passa. Para subir até o topo onde fica a estátua de bronze da Vitória, são 285 degraus.De lá se tem uma vista do Tiergarten e da Strasse 17 Juni até o Portão de Bradenburg. Não subi, preferir caminhar pela avenida Strasse 17 Juni que estava fechada para as comemorações do final de ano.

Bellevue

Residência do presidente, Bellevue
Seu nome é francês e significa “bela vista”. Este é o endereço do presidente da Alemanha. Foi projetado por Michael Philipp Boumann e concluído em 1786. Durante a Primeira Guerra foi usado pelo comando militar supremo e o Governo alemão como centro de negociações. Durante a Segunda Guerra foi seriamente danificado e entre 1986- 1987 foi totalmente renovado.
Hoje só é possível visitá-lo no Dia das Portas Abertas, quando espaços que geralmente estão fechado ao público podem ser visitado.

Portão de Bradenburgo


Símbolo de paz depois símbolo de vitória
Este é um dos cartões postais de Berlim, símbolo da prosperidade e unificação alemã.
Estas portas foram construídas em cima de outras portas. Há muito tempo, entre as colunas da extremidade era passagem só de carros e entre as colunas do meio só passava a comitiva real. O Portão ficou do lado soviético e foi muito danificado durante a Segunda Guerra.


quatro cavalos e originalmente guiada por Eirene – a  deusa da paz
A quadriga chegou em 1793 e ficou por pouco tempo porque Napoleão para comemorar a dominação francesa levou a quadriga para Paris. Depois ela volta em 1814 e recebe uma cruz de ferro e uma águia prussiana e se torna símbolo de vitória. Em 1950 a quadriga sai de novo e é quase destruída pelas forças soviéticas. No impasse do que vão fazer com ela, decide se pela sua recuperação. Em 1958 a quadriga volta pro alto do portão só que com o sentido invertido, voltada para a Parisier Platz. Foi o maior “bafafa”...

Hoje, o portão de Brandenburg  é palco de grandes eventos e onde quase tudo acontece. Alemãos fantasiados de soldados fazem a alegria dos turistas.



Outros estão fantasiados.



Indo a Berlim não tem como não passar por aqui.


Alexanderplatz

Antes uma feira de gado e hoje uma grande praça que abriga uma estação de trem



o Relógio Mundial ou  Weltzeituhr



Seu nome é em homenagem ao czar Alexandre I da Rússia que visitou Berlim em 1805 e esteve no local. Esta praça foi cenário de filmes e ganhou notoriedade na década de 20.

Outra atração da Alexanderplatz é a Torre de Tv (Fernsehturm)


Torre de Tv- chamada também de " a vingaça do Papa", sabe por quê?

Ela tem 368 metros de altura e foi ordenada sua construção por Walter Ulbricht, líder do Partido Socialista Unificado da Alemanha e foi inaugurada em 1969. Ela é chamada pelos berlinenses como “ A vingança do Papa” pois a luz do sol quando refletida na esfera da torre produz o efeito de uma cruz. Isso foi uma ironia, pois o Partido Socialista promovia o ateísmo e a torre feita pelos socialistas produzia o efeito de um símbolo da igreja. A torre pode ser visitada e seu restaurante pode ser reservado.

Outra atração na região é a Marienkirche ou Igreja de Santa Maria que é a igreja mais antiga de Berlim.


MarienKirche a igreja mais antiga de Berlim

Prefeitura de Berlim ou Rotes Rathaus


Em relevo, acontecimentos na história de Berlim e Brandenburgo desde o século 12 até 1871
 Este prédio vermelho chama atenção de quem passa próximo da Alexanderplatz. Foi construída entre 1861 e 1867 por Hermann Friedrich Waesemann no estilo neo-renascentista e sofreu ataques durante a Segunda Guerra. Possui 100 metros de largura e 74 de altura.  Durante a Segunda guerra Berlim possuía duas prefeituras, uma na Berlim Ocidental no bairro Rathaus Schoneberg e esta na Berlim Oriental. Depois da reunificação alemã a prefeitura foi mantida na Rotes Rathaus desde 1991.


Rotes Rauthaus- 100 metros de largura e 74 de altura

Potsdamer Platz


Agitação da Potsdamer

Esta é uma praça super moderna e agitada. Seu nome é uma referência ao portão que ali existia, Portão de Potsdam, uma cidade a 25km de Berlim. Com a construção de uma estação de trem e posteriormente uma estação de metrô o local passou a ter um trânsito frenético o que levou a implantação do primeiro semáforo de berlim.


A super moderna Potsdamerplatz- cinema, cafés, restaurantes no Sony Center


Hoje abriga a Sony Center, a loja Lego, possui uma praça de alimentação, teatro cinemas e lojas.

Acredito que Berlim é uma cidade que após ser visitada merece uma reflexão. Uma comparação do que ela foi na passado e o que representa hoje para o mundo. Pude observar que a maioria dos monumentos e edifícios de Berlim foram seriamente danificados durante a guerra, mas com tempo houve a reunificação e esta cidade se reergue e continua em constante mudança. Muitos de nós não testemunhamos a guerra, mas vemos seus efeitos que nos servem de lição. Ao mesmo tempo, somos testemunhas da prosperidade e capacidade de transformação de uma nação que apesar do lado obscuro da sua história busca o respeito mútuo e convivência pacífica entre a diversidade.

Se você não conhece Berlim, tenho certeza que irá se surpreender! E se já se surpreendeu tem vontade de retornar.

O que você mais gostou de conhecer em Berlim? O que você acrescentaria a esta lista?

Compartilhe este post com um amigo que vai para Berlim ou se você gostou do texto.

2 comentários :

  1. Oi Vaneza! Sei que o post é antigo, mas achei este seu post recentemente em umas pesquisas. Queria agradecer a indicação do blog, fico feliz que tenhamos ajudado :)
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Nicole!

      O blog de vocês é fundamental para um bom planejamento de viagem.

      Abraços!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...