sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Puerto Varas: o que vi em um dia

Minha dúvida enquanto montava o roteiro para o sul do Chile era: Pucón ou Puerto Varas. Optei pela segunda por estar mais próxima de Punta Arenas de onde eu seguiria para Ushuaia. Acredito que fiz uma boa escolha pois, Puerto Varas e seu entorno me encantaram com paisagens belíssimas.


Ruas tranquilas e floridas

Assim, cheguei em Puerto Varas super empolgada às 8:40h. Fui para o hostel deixar as malas e queria ver o cume dos vulcões Calbuco e Osorno coberto de neve. De antemão, fiquei desapontada. Quatro dias nublados e chuvosos. Nada de visibilidade dos vulcões.
O segundo maior lago do Chile,
Lago Llanquihue, que significa lago escondido.
Puerto Varas foi fundada por volta de 1853 e colonizada por imigrantes alemães que receberam terrenos ao redor do Lago Llanquihue e tinham a localidade de Puerto Chico como meio de comunicação e transporte com o restante do país. O nome é em homenagem a Don Antonio Varas de la Barra, ministro do Interior.

Avenida Costanera sentido Puerto Chico.
Quando cheguei em Puerto Varas, fui reservar passeios e conhecer um pouco o centro da cidade. Caminhei pela Avenida Costanera até Puerto Chico, o que me trouxe uma sensação muito boa, de estar junto a um lago e imaginar que fosse o mar. Nesta área de Puerto Chico há vários restaurantes e hotéis e é um dos metros quadrados mais caro em Puerto Varas.
Admirável coragem...rsrs.

Jogou a isca e esperando o peixe...

Praia de Puerto Chico
Há locais aptos para banho, mas quem se atreve a entrar numa água tão fria como aquela?!! Porém, não perdi a oportunidade de caminhar pela margem do lago com pedras que parecem britas e tocar na água geladíssima.
As pedrinhas ás margens do Lago Llanquihue.
Voltando de Puerto Chico passei no Museo Pablo Fierro e neste post relatei como foi a visita. Continuei caminhando até o píer que fica no Centro, com vista para os vulcões logo a frente. A praia nesta área é bem suja com areia negra e mesmo assim tem gente que se arrisca a tomar banho.


Plaza Los Heroes na Avenida Costanera


Píer de Puerto Varas.

Lago Llanquihue

Hotel Patagônico e Restaurante Eolia
Andando mais um pouco, cheguei nesta praça com uma escultura de ferro (acredito eu) e que proporciona uma vista panorâmica da cidade.

Ao fundo, com torres vermelhas, a Igreja do Sagrado Coração de Jesus
declarada Monumento Nacional construída em 1915.

Passeios de barco pelo Lago Llanquihue que saem de Puerto Varas.


A cidade é pequena e bem cara! É uma localidade turística tipo balneário e em épocas festivas como o Final de Ano, quando fui, o preço da alimentação e hospedagem ficam nas alturas. No centro há várias lojas de roupa e equipamentos para trekking, montanhismo e outros esportes. Além de vários restaurantes com os pratos típicos da região. Não fui em nenhum pois, para o meu estilo de viagem o valor é bem caro e priorizei conhecer a culinária do sul do Chile quando fui a Puerto Montt (veja o relato aqui). Os pratos da gastronomia chilena mais baratos eram a partir de 7 mil pesos (R$35). Na verdade, onde mais vi turistas foi no supermercado. Muitos comprando coisas que podiam ser consumidas no hostel. O que para nós brasileiros é uma situação em que se torce o nariz, para europeus, principalmente, é uma atitude normal e corriqueira em viagens.

boas lembranças
Vale a pena conhecer Puerto Varas? E muito! E muito mais pelos atrativos em seu entorno como Peulla, Salto Petrohué, Ilha Chiloé, Vulcão Osorno e as cidades ao redor do Lago Llanquihue como Frutillar.

Ah, não esquecendo que no último dia em Puerto Varas, por volta das 21h o dia estava ensolarado e com poucas nuvens em relação aos dias anteriores e assim me despedir da linda Puerto Varas:

Demorou, mas apareceu: Vulcão Calbuco.

Vulcão Osorno apareceu timidamente.
Dica:
  • se puder, reserve mais que 3 dias para Puerto Varas pois, a chuva é muito frequente no sul do Chile. A Puerto Varas que você ver nos anúncios/blogs não é tão comum mesmo no verão.
  • de Puerto Varas fui para Punta Arenas, saindo do aeroporto de Puerto Montt o táxi me custou 15 mil pesos(R$75) para um trajeto de uns 20 min. Caríssimo! Era dia 01/01/15 e não havia transporte público...

6 comentários :

  1. Boa noite Vaneza, qual moeda você usou em Puerto Varas e Puerto Montt? Pesos chilenos ou usou aquele travel money em algum lugar? E em relação aos passeios que você fez, algum deles foi com agência?
    Obrigada,
    Camila

    ResponderExcluir
  2. Olá Camila,

    Usei tanto os pesos chilenos como o travel money. Os pesos eu troquei em Santiago.
    O passeio até Peulla,fiz por agência e tem o link neste post. O passeio de bike até Frutillar, aluguei a bike em Puerto Varas. Ir até Puerto Montt fui de transporte público.

    Obrigada pela visita e espero ter ajudado!

    ResponderExcluir
  3. Vaneza...voce acha melhor se hospedar em Puerto Varas ou Frutillar ? Vou de onibus e passar 2 noites la. Nao sei se pego onibus noturno pra Frutillar ou Puerto Varas...o que sugere ? Dorothy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dorothy!

      Puerto Varas tem toda infraestrutura turística que o visitante precisa, por tanto é mais recomendável ficar em Puerto varas.

      Abraços!

      Excluir
  4. Vaneza,
    A areia é escura por influencia da atividade vulcânica explosiva nessa região. Na verdade, todo o território chileno está sob essa influência. E justamente pelo fato do Lago cortornar esses vulcões, apesar das águas geladas, do derretimento da neve, tem muitas correntes de água quente, por influência dos vulcões. É um maravilhodo contraste, mas exige coragem na busca. A cidade não é adensada e se extende para muito além de Puerto Chico, com opções interesantes de restaurantes especializados em frutos do mar e casas de chá, onde se degustam as iguarias doces e salgadas de influência alemã e austríaca, todas tipicas dessa região. Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Andrea!

      Você arrasou nas explicações e me fez recordar as infos que o guia forneceu.
      O Chile é um dos meus países preferidos.É a demonstração exuberante da natureza.

      Obrigada pela visita e pelo comentário.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...