quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

Chile: visita à Concha y Toro

É discutível se esta é uma grande visita, mas é fato que este é um dos passeios mais requisitados em Santiago. A Concha y Toro foi eleita a marca de vinho mais poderosa do mundo em 2014.  Portanto, é bem provável que você fará ou fez uma visita à Concha y Toro em uma viagem à Santiago. Fiz a mais rápida e simples, até porque ela não é barata. Custou 9 mil pesos ( cerca de R$45-50). Fui de transporte público, simples e fácil. Você toma o metrô que vai para estação Las Mercedes e pega o minibus que para em frente a Concha y Toro, é só perguntar e todo mundo sabe informar qual é o minibus. Na frente do minibus tem o trajeto também.


Bienvenidos a Concha y Toro


Há pessoas que agendam as visitas (e sempre chegam atrasados) visto que desejam em um idioma de fácil entendimento. Não vi necessidade para isto. Agendar é imprescindível para quem vai com um grupo grande, fora isso, não precisa. Sempre tem visita em espanhol e os guias estão preparados para falar em português também. 80% do grupo com o qual fiz a visita era de brasileiros.

Começamos com uma explicação da história da família e do nome Concha y Toro. Não prestei atenção pois estava fotografando o local. Lindíssimo!

Túnel de videiras

Casa da família 



Lago e um lindo bosque.

Prestei atenção quando o guia falou das uvas e da produção do vinho. Eu pensava que para produzir vinho era necessário frutos grandes e suculentos. Mas, não é bem assim. A irrigação é controlada e as uvas são pequeninas. Pelo que entendi o processo de maturação da uva visa estressar o fruto para que ele produza as melhores propriedades para a produção de um bom vinho.



Solo propício, clima favorável e o rio Maipo como grande irrigador.
E chega a hora da degustação dos vinhos: primeiro um vinho branco, depois um rosé e por último o tinto. 



Na cave subterrânea conhecemos a lenda do Casillero del Diablo.
O maior suspense é feito entorno do grande nome da Concha y Toro: o vinho Casillero del Diablo. A lenda você pode ver neste vídeo que é o mesmo que você vai ver lá na cave subterrânea  com alguns efeitos especiais...:




Depois provamos o vinho tinto e levamos de recordação a taça.  E a reclamação é geral: não poder visitar o processo de fabricação do vinho.

A visita só termina de verdade quando você passa na loja e é quase impossível sair sem comprar pelo menos um oxigenador de vinho. 
Esta é uma visita rápida, há outras e você pode acessar o site da Viña Concha y Toro para conhecê-las melhor e seus valores.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...