terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Puerto Varas: almoçar em Puerto Montt

Puerto Montt está bem perto de Puerto Varas e é facílimo chegar de transporte público. Em Puerto Varas circula os minibuses regularmente para Puerto Montt e a passagem custa 800 pesos. É só perguntar onde fica a parada de ônibus para Puerto Montt que alguém vai te informar. Dentro de 20 minutos você estará em Puerto Montt. Fale ao motorista que vai para Angelmó e ele te deixa num local estratégico e daí é só andar beirando o porto.


Há várias lojas de artesanato e  produtos de lã como casacos, mantas e cachecol. Fiquei curiosa e perguntei à um vendedor a procedência da lã. Algumas vêm do Peru e são retiradas da lhama e outras são de ovelhas. A mais rara é a lã negra (lembre-se da ovelha negra da família...) e por isso mais cara. Vi muitos brincos, anéis e outros apetrechos de cobre, bronze ou prata. Este é um material muito usado no Chile. Os preços são razoáveis e é uma boa opção para presentear.

Fios de lã

Lojas de artesanato e produtos de lã.

Naviera Austral ancorada na Enseada Reloncaví

As sempre presentes gaivotas.

Entrada de Angelmó.
Cheguei ao mercado de Angelmó e estava faminta. Mata quem tá te matando...rsrs. Fui almoçar no Restaurante da Vilma. São vários restaurantes e os preços também são variados. Escolhi este por causa da vista.

Os restaurantes de Angelmó.
 Pois é, em Angelmó se privilegia a vista para o porto. E é muito bom comer um congrio, merluza ou curanto apreciando esta vista:
Almoçar e ter essa vista é um dos prazeres de Angelmó.

Pescadores trazendo o que enfeita nosso prato e
 preenche nosso estômago.
E para comer escolhi o curanto. Pense em misturar mariscos (almejas), mexilhões (cholgas), milcao(um tipo de bolinho de batata), carne, frango, linguiça e batatas... Que mistura é essa?! Olhe a primeira foto deste post...

Carne, almejas e cholgas... tudo deliciosamente preparado.
O curanto é um prato típico da Ilha de Chiloé e que se espalhou pelo sul do Chile. Seu preparo original é em um buraco cavado no chão e coberto com pedras o que forma um tipo de panela de pressão. Não sei como foi feito esse que comi, mas estava uma delícia! E para acompanhar, uma cerveja Cristal, produto chileno.

Dona Vilma, dona do restaurante que leva seu nome.
Com a barriga cheia (literalmente, foi muita comida para uma pessoa só), agora sim, fui conhecer o mercado de Angelmó. Peixes, mariscos, comidas, especiarias e verduras.

Queijos


Cochayuyo e outros produtos marinos usados na gastronomia sureña.

Ajo- alhos enoormes.

Puerto Montt, a capital do salmão.


Mexilhões

Merluza
Mais para frente, vi barracas de queijos e doces. Nesta aqui, comprei alfajor para sobremesa, a dona puxou conversa e perguntou de onde eu vim. Daí, contou que foi ao Brasil duas vezes por causa do filho que fez seleções em escolinhas de futebol em São Paulo e conheceu também Fortaleza. Convidei-a para conhecer Salvador, lógico!

Alfajor para sobremesa.
Para voltar à Puerto Varas você precisa ir até o Terminal de ônibus onde há saídas a todo momento. Assim que cheguei o motorista fez sinal que ia para Puerto Varas e subi no minibus.

Terminal de ônibus de Puerto Montt,
tanto ônibus regional como municipais.
E você, já almoçou em Puerto Montt? Gostou do passeio? Deixe seu comentário, sugestões e dicas na caixa de comentário abaixo.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...