terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Como é dirigir na BR-324, 101 e BA-420

Viajar de carro permite conhecer lugares que talvez não conheceríamos de outra maneira e ter controle sobre o tempo de viagem. Porém, dirigir não é fácil, principalmente nas estadas baianas que embora pedagiadas não são boas. Há muitos desníveis na pista, lombadas e buracos. Ás vezes é um briga com o volante para manter o carro na pista. Porém, vamos fazer do trajeto um momento prazeroso da nossa viagem e neste post vou descrever algumas coisas que gostamos de ver e fazer ao longo das rodovias federais e estaduais da Bahia.

BR-324

Fomos para Mutuípe e uma parte desse trecho nos dá uma amostra do que é dirigir nas estradas da Bahia. A BR-324 esta sob a concessão da Via Bahia que possui um site muito bom e que pode te orientar a planejar sua viagem. Até o viaduto, próximo de São Gonçalo dos Campos, passamos por dois pedágios, o de Simões Filho e o de Amélia Rodrigues, cada um custa R$1,90 carro pequeno. Há ponto de apoio ao motorista (SAU- Serviço de Atendimento ao Usuário) com banheiro, café e água. Difícil é encontrar o café, mas tudo bem...

A BR101 não é duplicada, portanto tenha paciência...

Na BR-101, a famosa Rio/Bahia, que recebe o nome de Rodovia Governador Mário Covas,  o tráfego de carretas e veículos de grande porte é intenso o que gera impaciência e lentidão no trânsito. Mas é importante lembrar que ultrapassagens perigosas são a grande causa de acidentes nas rodovias, portanto tenha paciência e não trafegue no acostamento! Além do risco de levar multa , há o risco de morte. Entao, espere sua vez de ultrapassar. Há caminhoneiros gentis que sinalizam indicando o momento certo de ultrapassar, retribua agradecendo. 

Observe que na entrada de todas as cidades que são cortadas pelas rodovias há radares e redutores de velocidade. Alguns tem a velocidade máxima de 40km/h. Imagine se você vem com 120km/h...

O que vem depois desta curva?
No trecho próximo a Pedra do Cavalo há pista duplas em ambos sentidos que permitem a ultrapassagem. Portanto, se você está numa velocidade menor, dê passagem, pois depois deste trecho ultrapassar qualquer veículo tanto na ida como na volta será mais difícil.

Ponte sobre o Rio Paraguassu,
atrás a barragem da Pedra do Cavalo.
Por sinal, considero este trecho muito bonito. Embora nunca tenha visto a Barragem da Pedra do Cavalo com as comportas abertas. Ela foi construída a mais de 30 anos e hoje abastece Salvador e a Região Metropolitana. Além de ser geradora de energia e evitar inundações nas cidades as margens do Rio Paraguassu. Acho o máximo passar entre aqueles paredões de pedra, atravessar a ponte e avistar as cidades de São Félix e Cachoeira mais abaixo.

Cachoeira e São Félix separadas pelo Rio Paraguassu
  Foto: de Victor Vargas do http://vicvargas.blogspot.com.br/
Seguimos em direção a cidade de Laje, mas um pouco antes do entrocamento, paramos para descansar e lanchar em uma das barracas que ficam a beira da estrada. Esta é uma opção também para quem quer almoçar ou comprar artesanato. A barraca que sempre paramos é a da Lúcia onde encontramos um beijú de tapioca delicioso. Há também peças de carro e madeira muito bonita. O preço não é lá vantajoso, mas é uma opção para quem está na estrada e quer levar uma lembrança da Bahia. Vimos placas anunciando outros restaurantes como Cantinho da Rosa e o Nascimento que futuramente vamos dar uma chegadinha lá.


Panelas de barro R$60

Azeite de dendê

Namoradeiras por R$200

Beijú seco a partir de R$3

Delicioso beijú recheado a partir de R$5

Farinha da branca e amarela a partir de R$3

Agora continuamos pela BA-420, muito tranquila e asfalto bom. Estamos bem perto de Mutuípe, porém, antes atravessamos o município de Laje e margeando o Rio Jequiriçá, neste trecho percebemos a beleza desta região. Uma mistura de montanhas e vales. Plantações de cacau na beira da pista e pastos para criação de animais. Enfim, chegamos em Mutuípe para descansar, regarregar as baterias e aproveitar um pouco desta cidade.

Dica: evite dirigir durante a noite. A visibilidade é muito ruim pois as rodovias não são iluminadas.

Links Úteis:



Siga o Vaneza com Z em:

O Blog Vaneza com Z não possui parceria com nenhuma das empresas ou serviços citados no texto sendo uma escolha pessoal a escrita do post.

Quer apoiar o Vaneza com Z? Faça sua reserva de hotel através do blog na barra lateral, assim receberei uma comissão e você garante o melhor preço através do site Booking.com.

Se for alugar carro em Salvador ou qualquer lugar do mundo sugiro a Rentals Car clicando aqui, parceira deste blog.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...