segunda-feira, 24 de agosto de 2015

Primavera da LIBRE, Feira de livros com desconto

Feira literária da Liga Brasileira de Editoras (Libre) terá lançamentos de livros, encontros com autores, saraus e programação infantil. De 27 a 30 de agosto, no MAM. Os livros terão até 50% de desconto. A entrada e toda a programação são gratuitas.


A Primavera da Libre terá sua primeira edição em Salvador, no Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM), de 27 a 30 de agosto. A feira literária promovida pela Liga Brasileira de Editoras (Libre) nasceu no Rio de Janeiro, em 2001, como Primavera dos Livros, e este ano chega a Salvador. Além da feira de livros, a programação terá mesas de debate, encontros com autores, lançamentos e Sarau Pós Lida. Para as crianças, contação de histórias e oficinas de arte.


O evento é um espaço cultural onde as editoras mostram suas produções e interagirem com o público para discutir o livro e a leitura. Entre os nomes confirmados para participar da Primavera da Libre estão Mãe Stella de Oxóssi, Gil Velloso, Victor Mascarenhas, Sonia Rangel, Gustavo Falcón, Tamires Lima e Antonio Risério, entre outros. A entrada e toda a programação são gratuitas.

Maior feira literária independente do Brasil e uma das mais expressivas do gênero no mundo, a Primavera da Libre reunirá na edição baiana 38 editoras, com títulos que estarão com descontos de até 50%. A diversidade dará o tom da feira e da programação literária, a partir da variedade de gêneros editados pelas editoras associadas à Libre.

“A realização da Primavera da Libre em Salvador é mais um passo importante que damos na direção da literatura de qualidade. A Libre pretende marcar cada vez mais presença na Bahia. Com uma cultura que remete às raízes brasileiras, o estado tem muito a contribuir para o avanço da bibliodiversidade, importante conceito que promove a pluralidade na literatura e é uma das principais bandeiras das editoras independentes”, explica Raquel Menezes, presidente da Liga Brasileira de Editoras.

As mesas temáticas serão: ‘O mercado editorial e os novos horizontes, ‘Literatura urbana e contemporânea’ e ‘A literatura infantil e a formação de leitores’. A importância da Primavera da Libre, uma das pioneiras entre as feiras literárias no País, é reconhecida no meio literário por autores, editores, ilustradores, críticos, jornalistas, indústria gráfica, distribuidores e livreiros. A ‘Primavera’ fidelizou um público ávido por livros nem sempre disponíveis nas livrarias e tem atraído cada vez mais leitores.

A última edição da Primavera no Rio de Janeiro, em 2014, recebeu cerca de 40 mil pessoas nos jardins do Museu da República, no Catete, um bairro de forte tradição política e cultural. Já passaram pela Primavera nomes como Roger Chartier, Heloisa Buarque de Holanda, Paulo Lins, Ruy Castro, Luiz Eduardo Soares, Mirian Goldenberg, Vik Muniz, Ondjaki e Alessandro Buzzo, entre outros.

LIBRE
A Liga Brasileira de Editoras (Libre) é a maior rede de editoras independentes do mundo, com 130 associadas de todas as partes do País. Constituída em 2002, tem como principais objetivos atuar pelos interesses das independentes e buscar espaços para discutir o livro e a leitura. A Libre é associada à Aliança Internacional dos Editores Independentes.

Desde 2001, a Libre realiza no Rio de Janeiro a Primavera da Libre, feira literária que oferece ao público títulos a preços acessíveis. Chegou a São Paulo, em 2003, e este ano, a feira já foi realizada em junho em Belo Horizonte e agora em Salvador. A Libre também promove a Primaverinha dos Livros, para crianças, no Rio de Janeiro.

Serviço
PRIMAVERA DA LIBRE
Feira literária com descontos de até 50%. Programação paralela: lançamentos de livros, encontros com escritores, debates e atividades para crianças
Realização: Liga Brasileira de Editoras (Libre)
Quando: dias 27, 28, 29 e 30 de agosto – Períodos matutino e vespertino
Onde: Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM) - Solar do Unhão - Av. Contorno
Para todas as idades
A entrada e a participação nos eventos são gratuitas

Fonte: www.libre.org.br



Como chegar:

De ônibus- a parada mais próxima fica na Bahia Marina, daí você precisa subir andando e não é muito seguro.

De carro ou táxi: subir a ladeira da Av. Contorno, passando pelo Mercado Modelo. Ou descer a Avenida e fazer o retorno próximo da Igreja da Conceição da Praia.

Estacionamento: na área externa do Museu há local para estacionar e é pago. Ao longo da via pública também estaciona, mas daí temos a ação dos flanelinhas aproveitadores.
 
Outros posts sobre o MAM clique aqui e aqui.

Siga o Vaneza com Z em:

Pinterest
Facebook
Google+
You Tube 

O blog Vaneza com Z  não possui parceria/ convênio com as empresas/ serviços citados no texto.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...