sábado, 19 de setembro de 2015

Fotografando na Feira de São Joaquim

Já escrevi sobre a Feira de São Joaquim neste post aqui. E vou apresentar mais fotos de outra visita que fiz a este local maravilhoso para fotografar e dá algumas dicas.


Em virtude do curso de fotografia na Escola Baiana de Fotografia, sempre estou na Feira. Para um fotógrafo amador ou profissional é passagem obrigatória. É um local intenso,
vibrante e dinâmico. Pessoas de um lado para outro. Gritaria. Correria. Este é o universo baiano. Tudo que nos inspira e nos contagia. Por causa desta movimentação, sugiro levar uma mochila pequena e ter as mãos livres. Tenha atenção para não atrapalhar o fluxo nos corredores.






massa pronta  para acarajé


O mais importante na feira são as pessoas. Os feirantes, carregadores e clientes. Alguns quando nos vêem com as máquinas ficam curiosos. Depois, ficam "íntimos" e criam artes para nós fotografarmos. E até fazem poses. Reparem neles:

e este disse: " Fotografa a gente aqui tia! Representa nós!".  Você que manda brother!



esse é o fundador do Esporte Clube Feira de São Joaquim. Você duvida que a entidade exista?

e um feirante fez esta obra de arte
Sem estas pessoas a feira não existiria. Não é verdade? Muitas estão aqui há muitos anos. Criaram filhos e construíram sonhos trabalhando na feira. Merecem nosso respeito e admiração. Antes de fotografá-las sempre peça autorização.

Dona Elza ficou tímida para tirar foto

Sro Damião trabalha vendendo frutas

carregador da Feira

são gêmeos?
No entanto, a feira precisa de mais atenção, mais cuidado. Quando chove é um horror. Água para tudo quanto é lado. Tem local que não dá pra passar de jeito nenhum. E não dá para fotografar. Assim, evite calçado aberto. Vá de tênis ou sapatilha.

Quando chove, este trecho logo a frente não dá para passar e fica logo na entrada da Feira

E os sabores e as cores que nos atraem são intensos. Abacaxi, banana, laranja, melão, cerejas e muito mais. As pimentas são lindas. Produtos para fazer acarajé tem até demais! O cheiro do camarão seco, permeia o ambiente.
as cores da pimenta













Para fotografar na feira prepare uma lente adequada, como exemplo, uma grande angular  17-40mm e a 50mm. São vários becos e ruelas, ora temos luz e ora temos sombra. Minha máquina é uma compacta superzoom da Nikkon, P600, e estas fotos foram produzidas com ela.


Foto: site Nikkon


Foto by Aledre DesignFoto

E é seguro fotografar na feira? É sim, mas se você se sentir inseguro vá acompanhado. Sempre chegamos cedo, por volta das 8-9h. Começamos do Palácio de Oxossí em direção ao setor de carnes, passamos pelo setor dos produtos para acarajé, seguimos para o setor de verduras até chegarmos na área das frutas.








Professor Roberto Faria
Avenida Tancredo Neves, 1222, Sala 703, Edifício Catabas Center.
Tel: 71 9966-0470


Siga o Vaneza com Z em:
Pinterest
Facebook
Google+
You Tube 

O blog Vaneza com Z  não possui parceria/ convênio com as empresas/ serviços citados no texto.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...