sábado, 21 de novembro de 2015

Nelson Mandela em Cartaz em Salvador

Neste mês de Novembro, a Caixa Cultural Salvador, tem uma exposição muito linda: Mandela em Cartaz. Linda pela organização, linda pela história, linda pela mensagem que é passada.



Foi realizado um concurso para designers de todo o mundo enviarem cartazes com o tema Nelson Mandela para o “Mandela Poster Project”. Foram enviados mais de 700 e escolhidos 95 pelo Mandela Poster Collective, fundação ligada a Universidade de Pretória, na África do sul.  Estes cartazes, através da arte, transmitem a ideia da resistência e busca de uma igualdade racial e de respeito mútuo.



Ana Paula Caldas, Um homem admirável, Brasil





Por meio de um gráfico cronológico, acompanhamos a trajetória da vida de Mandela e o que ocorria na África e no mundo causando conflitos e ao mesmo tempo as diversas lutas pela liberdade, igualdade e respeito pela cultura negra. Abaixo destaco alguns fatos importantes:







Faço questão de transcrever um trecho de um dos cartazes:

CONFERÊNCIA DE BERLIM (1884-1885):Reunião entre países que disputavam o controle do continente africano, rico em minérios e terras férteis. Participaram Grã-Bretanha e França que abocanharam a maior parte dos territórios, e também Espanha, Itália, Bélgica, Holanda, Dinamarca, Estados Unidos, Suécia, Áustria-Hungria e o Imperio Otomano. Para consolidar suas colônias, romperam antigas alianças e, em muitos casos, enfrentaram a resistência armada dos reinados ou das populações locais. A divisão territorial assim imposta aos africanos não levou em conta a divisão anterior dos reinados ou das nações africanas, nem a presença geográfica dos diferentes grupos étnicos. Essa divisão artificial explica, em parte, os conflitos étnicos que assolam alguns países africanos até hoje.

Abaixo, algumas das famosas frases de Mandela. Algumas eu nem sabia que eram dele:





Numa sala de vídeo assistir um trecho dum documentário  muito interessante que conta a mobilização mundial em prol da libertação de Mandela e outros presos acusados de sabotagem na África do Sul. Esta mobilização começa na Grã- Bretanha e se espalha pelo mundo através de shows e manifestações. O vídeo conta como Mandela se tornou conhecido no mundo todo e como a condenação de execução foi transformada em prisão perpétua por pressão desta manifestação mundial. Assim ele e outros levaram 27 anos presos. Abaixo, temos a fala de Mandela quando recebe a notícia de que poderá ser executado:




Em de 1990, Mandela é libertado e em 1993 é eleito pelo Parlamento o primeiro presidente negro da África do Sul e neste mesmo ano recebe o Prêmio Nobel da Paz. Uma mistura de euforia e emoção toma conta da população que durante muitos anos não tinha os mesmo direitos que os brancos e não podia conviver no mesmo espaço que os brancos. Após a nomeação de Mandela é realizado um jogo com a Seleção Africana, formada só por brancos e Nelson Mandela pede que a população apoie e torça junto. Para ele, não havia superioridade de brancos sobre negros e vice-versa.



Vitor Andrade, Brasil


Nelson Rolihlahla Mandela (hoje, popularmente chamado de Madiba), nasceu em 18 de Julho de 1918 em Mvezo, território da etnia xhosa, na África do Sul. Ele veio de uma família de nobreza tribal, porém ainda jovem resolveu ir para a capital, Joanesburgo. Daí, entra na faculdade de Direito e na política. Tem uma vida em família conturbada e de divórcios. Após a acusação de sabotagem, Mandela e outros são levados a julgamento chamado de Rivonia Trial em 1963. Rivonia é um bairro no subúrbio de Joanesburgo, onde os líderes do movimento se reuniam.





Mandela faleceu em 5 de Dezembro de 2013, em sua casa na cidade de Joanesburgo.

Esta é uma exposição para reflexão. Interessante como os visitantes sempre faziam associações do passado com o presente e percebiam que a luta pela igualdade não foi vencida e é combatida dia a dia.

Para conhecer mais a história de Nelson Mandela, segue algumas indicações:




Esta é a primeira exposição do Mandela Poster Project na América Latina e vai até 29 de Novembro, na Caixa Cultural Salvador, Rua Carlos Gomes. Tel:071 3421-4200.
De terça a domingo, das 9h às 18h. Grátis!


Siga o Vaneza com Z em:
Pinterest
Facebook
Google+
You Tub

O blog Vaneza com Z não possui parceria/ convênio com as empresas/ serviços citados no texto.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...