terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Bahia: Barcelos do Sul, uma simples descoberta...

Quando penso em escrever sobre a Bahia, fico tentada a não ser "nacionalista", rsrs. Mas a cada lugar que visito e relembro do meu estado, tenho a sensação de que não preciso de muito para curtir a essência da nossa Bahia e que não preciso visitar lugares considerados badalados ou extravagantes.  A beleza está na simplicidade e Barcelos do Sul nos mostrou isso.
bahia barcelos do sul baia de camamu
A serenidade da Baía de Camamu...

Nunca tinha ouvido falar deste povoado, mas ao planejar a viagem pelo sul da Bahia, escafunchando o Google Maps, vi o nome Barcelos do Sul. Fui pro Youtube e assistir um vídeo amador de uma romaria na Baía de Camamu ( a trilha sonora é pura sofrência, rsrs) vista deste povoado. Pronto, foi o suficiente para eu colocar no roteiro.

Deixamos o carro em Camamu e fomos de lancha para a Península de Maraú, porém, no outro dia, retornamos para pegar o carro. Mais liberdade e economia. De Camamu descemos para a Península e visitamos Barcelos do Sul. Na BA-001 tem um mirante, na verdade, uma passarela da qual temos uma vista muito legal da Baía de Camamu. Veja como chegar em Barcelos do Sul no mapa abaixo:

Como chegar em Barcelos do Sul desde Camamu

Vista para a Baía de Camamu desde o mirante da BA-001

bahia barcelos do sul baia de camamu


Depois, fiquei curiosa para saber a história do local. Encontrei pouquíssima informação. Na verdade um estudo de caso da Vanessa Dócio* e que tráz ricas informações  sobre a formação deste povoado:

"A origem histórica deste povoado indica que ele teve início nas terras da antiga Capitania de São Jorge dos Ilhéus, a partir do aldeamento jesuítico de Nossa Senhora das Candeias, fundado pelos padres jesuítas no território do Fundo das Doze Léguas, sesmaria doada por Mem de Sá – então terceiro governador geral do Brasil – ao Colégio dos Jesuítas da Bahia em 1562."

bahia barcelos do sul baia de camamu
Entrada de Barcelos do Sul
Antigos viajantes ( seriam eles blogueiros??) e relatórios oficiais citam a povoação, como exemplo, o relatório do ouvidor da Bahia, Luís Freire de Veras, que menciona a "aldeia de Nossa Senhora das Candeias, contudo, a localização original do aldeamento não é a conhecida atualmente, pois este teria sido fundado primeiro às margens do rio Aldeia Velha, dali sofreria várias mudanças de sítio3 até se estabelecer em definitivo no local atual."

O motivo do deslocamento do aldeamento foram os intensos ataques dos holandeses, assim se conclui que o povoado  de Barcelos do Sul já existia na primeira metade do século XVII.
bahia barcelos do sul baia de camamu
Igreja de Nossa Senhora das Candeias
Com a proibição do Marquês de Pombal de se formar novos aldeamentos, a povoação de Nossa Senhora das Candeias foi elevada a condição de Vila com o nome de Barcelos do Sul. "Contudo, ao final do século XVIII a Vila de Barcelos do Sul já havia sido extinta e a localidade incorporada ao território da Vila de Camamu."

Pois é, o pouco que descobrir in loco e nos escritos sobre este local reforça a idéia inicial do post: a beleza está na simplicidade.

Para quem trafega pela BA-001, a entrada de Barcelos é sinalizada e se percorre uns 12 km ou menos. Primeiro, por uma estrada bem asfaltada e depois, por uma de terra. Mas o trecho de terra é pequeno. Daí, chegamos em Barcelos e perguntamos onde ficava a vista para o Rio. Nos indicaram o lugar e seguimos em direção à Igreja e lá estava, deslumbrante e charmosa a Baía de Camamu.  A segunda maior baía do Brasil.

bahia barcelos do sul baia de camamu
Após o desvio na BA-001, estrada que leva à Barcelos, primeiro trecho asfaltado...
bahia barcelos do sul baia de camamu

Quando chegamos percebemos a tranquilidade do lugar. Um senhor sentado no batente alto da casa, que mexia em seu material de pesca. Depois, se aproximaram algumas crianças e ficaram por ali brincando. Da parte mais baixa do terreno subiam crianças, mulheres, homens, gato, cachorro e papagaio que despertaram nossa curiosidade. É um porto usado pela população para se locomover pela Baía de Camamu. Não poderíamos ficar só observando, descemos uma parte bem íngreme, mas que vale o esforço. Até hoje, não me sai da mente aquele lugar escondidinho, simples, com bancos de madeira sob a sombra das mangueiras. Nada de gritaria, nada de som de carro ( aliás só o som do bar que nem petiscos vendia), nada de pressa. Mas infelizmente tínhamos que partir, precisávamos chegar em Taipu de Fora antes do anoitecer, pois não conhecíamos a estrada.
bahia barcelos do sul baia de camamu


bahia barcelos do sul baia de camamu

bahia barcelos do sul baia de camamu

bahia barcelos do sul baia de camamu

bahia barcelos do sul baia de camamu

bahia barcelos do sul baia de camamu
Porto de Barcelos e uns banquinhos de madeira sob a sombra das mangueiras. Leve um lanche, uns petiscos para passar o tempo e jogar conversar fora.


bahia barcelos do sul baia de camamu
O tradicional e o moderno: canoa de madeira com motor

bahia barcelos do sul baia de camamu


bahia barcelos do sul baia de camamu
as catraias circulando pelo Rio Maraú
Voltamos para o "centro" do povoado à procura de um restaurante e encontramos o de dona Dédé, aliás, o único que estava aberto, local simples. Parecia que era uma casa e que ela transformou num restaurante apenas colocando as mesas. E ali comemos uma moqueca de aratu maravilhosa. Comemos bem ( 3 pessoas) e pagamos pouco, R$40. E ainda de graça nos serviram um suco de biribiri.

bahia barcelos do sul baia de camamu
Moqueca de Aratu catado

bahia barcelos do sul baia de camamu
Restaurante de Dona Dédé
De pança cheia, seguimos para Taipu de Fora e constatamos que na Bahia, quanto mais simples, melhor fica!

bahia barcelos do sul baia de camamu

*Vanessa Dócio: Pós-graduanda em História do Brasil pela Universidade Estadual de Santa Cruz UESC. Pesquisadora do Núcleo de Estudos e Pesquisas Arqueológicas da Bahia – NEPAB, e do Centro de Referência em Patrimônio e Pesquisa – ACERVO. 

A romaria de Barcelos do Sul é realizada dia 1º de Fevereiro.

Para acessar o estudo de caso completo, clique aqui.
Outros posts da Península de Camamu, clique aqui
 

Siga o Vaneza com Z em:


Pinterest
Facebook
Google+
You Tub



O blog Vaneza com Z  não possui parceria/ convênio com as empresas/ serviços citados no texto.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...