quinta-feira, 21 de abril de 2016

AMAZONAS- As belezas de uma cidade chamada Barcelos

Conheci Barcelos quando fui realizar um trabalho voluntário por lá. E considero esta viagem a que mais me marcou, principalmente no aspecto da percepção da realidade do nosso país e da condição frágil do nosso povo. Cada um traz de suas viagens algum aprendizado. Ao voltar do Amazonas, percebi que, embora esta região pareça distante, estamos muito próximo em relação a desigualdade e injustiça que sobrevêm aos mais fragilizados. Bom, o post tem como título as belezas de Barcelos e são os aspectos positivos que gostaria de compartilhar com você.

Barcelos, cidade ribeirinha do Rio Negro

Onde fica Barcelos?

O Município de Barcelos, situado na margem direita do Rio Negro, é o maior município do Estado do Amazonas, possui uma área de 122.496 km², o que lhe garante o título de segundo maior município do Brasil em área territorial, e um dos maiores do mundo. Seus limites são a Venezuela a noroeste e norte; os municípios roraimenses de Iracema a nordeste e Caracaraí a leste; Novo Airão a sudeste e sul; Codajás e Maraã a sudoeste; e Santa Isabel do Rio Negro a oeste.

Barcelos foi a primeira capital do Estado do Amazonas , até 1758. Em 1876 é criada a Comarca de Barcelos, e em 28 de Novembro de 1930, através do Ato Estadual nº 45 é suprimido o município de Barcelos, tendo restaurado em 1931, pelo Ato Estadual nº 33, o Município de Barcelos, recebendo Foros de cidade em 31 de Março de 1938.


Em Mariuá, Aldeia dos índios Manaus, de onde se originou a atual cidade de Barcelos, o carmelita Frei Matias São Boaventuras fundou em 1728 a Missão de Nossa Senhora de Mariuá. Trinta anos depois, Mariuá é promovida à categoria de vila e recebe o nome de Barcelos transformando-se na capital da capitania de São José do Rio Negro. Em 1968, o município foi enquadrado como Área de Segurança Nacional. É considerada a capital da pesca esportiva e a Cidade Menina.

Como chegar em Barcelos?


Já contei neste post aqui. Basicamente, é por meio fluvial (barco recreio, lancha rápida) e avião.



Como é a viagem de barco recreio (barco de rede)?



Eu também já contei aqui. Para mim, uma viagem maravilhosa para se fazer uma vez na vida, mas este meio de transporte é usado por mais de 90% da população no Amazonas. A paisagem subindo o Rio Negro é sem comentários!



Quais os atrativos de Barcelos?


Barcelos possui a maior concentração de peixes tucunarés de toda a Amazônia. Além da pesca esportiva, Barcelos possui vários atrativos turísticos, como o Parque Nacional do Jaú, o Parque Estadual Serra do Aracá, a Cachoeira do El Dorado (queda d’água com quase 400m de altura), o Abismo Guy Collet (considerada a caverna mais profunda do Brasil), o Arquipélago de Mariuá- com mais de 1400 ilhas, considerado o maior arquipélago fluvial do mundo, o Festival do Peixe Ornamental que ocorre no mês de Janeiro, sem contar as centenas de belas praias que se formam em toda a extensão do município no verão amazônico.

No site da prefeitura há uma informação muito interessante sobre a pesca esportiva do tucunaré: "Das águas de Barcelos saíram praticamente todos os recordes mundiais da IGFA para o tucunaré-açú, espécie Cichla temensis. Desde 2002, há um decreto estadual proibindo a pesca comercial do tucunaré nas águas desse município, justamente para que o turismo de pesca seja cada vez mais valorizado."

Qual a melhor época para visitar Barcelos?

Se você quer ver as praias, a melhor época é de Setembro até Fevereiro durante a vazante do Rio Negro. Esta época é boa também para a pesca. 

O que eu fiz em Barcelos?

Como o objetivo não era turismo, a diversão ficou para as horas vagas. Mas o que eu mais gostei foi de pescar pela primeira, e única vez, um tucunaré. Barcelos é conhecida como a capital da pesca esportiva do tucunaré que na época de baixa do rio aparecem aos montes. Embora, ultimamente, a pesca tem sido predatória e a  reprodução do peixe está bem comprometida.
Saindo cedo para pescar: um presente de um lindo amanhecer!


A natureza se reflete...



Prainhas que se formam no arquipélago


Esse contraste é o que mais me chama atenção...

Locais com grande probabilidade de encontramos peixes...


Como não sei pescar, tomei um mini curso com meu amigo Carlos. Pois é galera, precisa-se de técnica para jogar o anzol. Precisa-se de técnica para escolher o corrico certo para fisgar o peixe. Precisa-se de técnica para puxar o peixe quando ele cai no anzol. E isso não se aprende em 1 dia. Então imagine minha felicidade quando conseguir pescar um tucunaré, depois de horas passeando pelo Arquipélago de Mariuá. E dizem que pesca boa é pesca difícil. Eu só fazia gritar, kkkk! Depois, este lindo tucunaré foi pra panela e virou uma deliciosa moqueca.
Além da pescaria, amei a companhia dos amigos, rsrs. Aliás, a pescaria não é só um esporte, é uma terapia, requer paciência, requer habilidades, requer respeito pela natureza.

Meus queridos amigos de pesca S2





E o Carlos foi o primeiro a fisgar um tucunaré...

É muita gente habilidosa num barco só...kkkk.

Isca artificial para pesca de corrico



Meu recorde pessoal. kkk

Quem tem a boca maior?! kkk



E como terminou a pescaria? hum...
Outra coisa boa em Barcelos é tomar um banho no Rio Negro. Era o mês de Dezembro, fazia um calor terrível e aquelas águas escuras e mornas eram revigorantes. Existem praias bem na frente de Barcelos que é muito usada pela população durante o inverno, pois no verão a faixa de areia fica totalmente coberta pelas águas do Rio Negro. Eu não escrevi errado não, no inverno o rio baixa e no verão o rio sobe. E o verão amazônico é durante o inverno no resto do Brasil. Daí, é pegar os barquinhos chamados de voadeiras e dentro de minutos você estará do outro lado.
Ilha do Governador


Para chegar ao outro lado, você pega estes barquinhos e paga 4 reais ( se não me engano)

Ilha do Governador- Na vazante do rio se formam belas paisagens

Belo contraste



Os visitantes aproveitam estas sombras para armar redes e fazer churrasco





Esse daí tá largado na areia aproveitando o sol do Amazonas


Aos finais de semana a Ilha do Governador bomba


Nesta área da Ilha o pessoal faz churrasco, armam redes ( e não tem coisa tão gostosa como ficar na rede, na sombra e curtindo o visual do rio), jogam vôlei, ou simplesmente ficam na água de molho, rsrs.
Oh redinha boa...
Há um infra estrutura bem básica com algumas barracas e um restaurante. No Réveillon é um lugar de encontro de toda cidade para comemorar a virada de ano. Nós levamos nossas comidas e bebidas. E é importante lembrar que devemos manter sempre as praias limpas.
Bacalhau da amazônia... é uma coisa de-li-ci-o-sa!
E o que falar das pessoas? Ah, são extremamente atenciosas e prestativas. Puxam conversa com facilidade e interagem com naturalidade. E respondem com tranquilidade e paciência as mesma perguntas que acredito que todo visitante faça. Expressam com revolta e indignação as dificuldades enfrentadas por aqueles que vivem numa região tão remota e de difícil acesso, onde são explorados e maltratados pelos governantes. 


Um amazonense ribeirinho

O nosso playground: Rio Negro


Minha amiga Karina, linda amazonense!



As crianças sempre demonstram um misto de desconfiança e curiosidade, mas sempre dóceis. Sempre estão em grupo e em contato com a natureza, brincando com uma arara, ou cachorrinho ou uma tartaruga. É muito fácil nos apaixonarmos por elas e ao mesmo tempo, sentir uma incapacidade de fazer algo imediato para melhorar sua condição. Assim, acredito que saímos do Amazonas com outra noção do que é o Brasil e o que é de fato olhar pelo próximo.

Onde ficar em Barcelos?

HOTEL CIDADE – Avenida Mariuá – Centro FONE: (97) 3321-1320
HOTEL RIO NEGRO – Avenida Mariuá, 97 – Centro – (97) 3321-1260 – http://www.juniorpesca.com.br/
HOTEL ORNAMENTAL – Avenida Mariuá – Centro – Fone: (97) 3321-1381
HOTEL MACÊDO – Avenida Mariuá – Centro – Fone: (97) 3321-1133
POUSADA FLOR DA MATA – Rua Dorval Porto – Centro – Fone: (97) 3321-1633
POUSADA MARIUÁ – Ilha do Governador, em frente a cidade: Fone: (97) 3321 -1002 – Site: www.peacockbassexpedition.com.br

Se você planeja alugar casas, o bom seria ficar alguns dias numa pousada para buscar um imóvel do seu agrado.
Onde comer em Barcelos?

Lugares que fui: 
Point do Suco Natural ( em frente ao Bradesco). Um suco realmente puro da fruta. Além de suchá ( mistura de suco e chá) para repor energias e aliviar algum desconforto intestinal.

Sorveteria em frente ao Hospital de Barcelos, a atendente é um amor de pessoa. E a mistura mais amazônica que existe é esta:
De baixo para cima: açaí, tapioca, tucumã e cupuaçú

Restaurantes dos Freitas ao lado do Hotel Rio Negro. Comida a quilo, boa e barata.

Quiosques de lanches na beira do rio, em frente a Igreja. Um hambúrguer com tudo dentro pra ninguém botar defeito...

Tem um restaurante muito famoso, o Restaurante do Pescador, que fica na avenida principal, chamada Estrada de Nazaré, sentido bairro de Aparecida.

A  pizzaria da cidade, se não me engano se chama Bela More (e olhe que fui lá 3 vezes, rsrs), era o local que sempre íamos com o pessoal.

Ah, carne de caça (anta, tartaruga, jacaré, etc) é um dos atrativos gastronômicos da cidade, porém não se deve comer em qualquer lugar, pois se não for bem preparado causa dor de barriga fortíssima. Pedi referências de um bom lugar para saborear uma carne de caça, e a senhora do Point do Suco indicou o Restaurante do Pescador, mas não tive a oportunidade ir conferir.

Quais os bancos em Barcelos?

Banco do Brasil
Bradesco
Caixa Econômica (só casa lotérica)

Agências de Turismo em Barcelos:








Barcelos no cinema- clique aqui e veja os filmes que já tiveram esta cidade como cenário.

Dados da cidade Barcelos 
Estado: Amazonas 
Região: Norte 
População: 24.197 habitantes 
DDD: (97) 
Distâncias Manaus: 396 km, em linha reta. Por via fluvial a distância sobe para 495 km, pelo Rio Negro.

Para mais informações sobre Barcelos consulte:

Barcelos Amazônia

Para reflexão:

E o que mais me chamou atenção em minha visita ao Amazonas é como o povo é maltratado, principalmente pelos políticos que usam os mais fragilizados para interesse eleitoreiro e os deixam a própria sorte. Impressionante como as pessoas vivem de migalhas e se vendem por uma passagem de barco, por uma conta paga de energia ou água, por um reservatório de água e assim vai. Minha indignação aumenta quando olhamos para a vida luxuosa que esses aproveitadores levam ao ponto de ter jatinhos e aviões para subir e descer o Amazonas, estar cassado e continuar a exercer o mandato, enquanto a população clama por uma ambulância área para ter um atendimento digno na capital do estado. 

Mas o que acontece na Região Amazônica é um espelho do que acontece em todo Brasil, inclusive nas grandes capitais, o que me leva a crer que o povo de lá não é mais ignorantes que os das cidades grandes.

Um pouquinho mais desta cidade encantadora:


Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição


Usina termelétrica que abastece Barcelos

wi fi cara demais!

Não pense que você vai encontrar um porto bonitinho e arrumado...este é o porto flutuante de Barcelos.

Barcos utilizados pela população ribeirinha




Praça de Barcelos , ao lado do aquário.

Peixe cardinal que disputa com...


Acará disco

Outros posts sobre o Amazonas, clique aqui.

Siga o Vaneza com Z em:

Pinterest
Facebook
Google+
You Tub

O blog Vaneza com Z  não possui parceria/ convênio com as empresas/ serviços citados no texto.

2 comentários :

  1. Acho que não é normal uma pessoa que foi nascida e criada nesse lugar se arrepiar com fotos de lá, pois convivo sempre com isso. rsrs
    Parabéns, as fotos ficaram perfeitas.!!!
    Obrigado por divulgar nossa Amazônia, nosso Amazonas, nossa Barcelos para o mundo!!
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que maravilha!

      Barcelos é inesquecível e para mim é uma satisfação escrever sobre este lugar especial.
      Você se arrepia daí, eu choro de cá, rsrs.
      Agradeço sua visita e seu comentário e fico muito feliz que tenha gostado!

      Forte abraço!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...