quinta-feira, 30 de março de 2017

Roteiro 5 dias : Pernambuco, Alagoas e Sergipe

Mais uma viagem de carro e mais um roteiro saindo do forno para quem tiver interesse em fazer algo parecido. Neste post, você vai encontrar informações sobre como montar um roteiro saindo de Salvador até Recife e na volta, visitar alguns lugares das Alagoas e Sergipe.


Para saber as condições das vias e algumas dicas para viajar de carro fazendo este roteiro, tem este post aqui que explica tudinho, clique aqui. Adianto,  que é super tranquilo, sem stress.


Pernambuco

Recife: Instituto Brennand e Boa Viagem

Chegamos em Recife a  noite, por volta das 18h, o maior trânsito, uma loucura, minha cabeça doendo pois eu havia passado do horário do almoço. Louquinha para encontrar a hospedagem, que não foi difícil achar, apenas o trânsito que estava bem congestionado.

Se você acompanha o blog sabe que o motivo da viagem foi a solicitação do Visto Americano em Recife, clique aqui para saber todas as dicas, inclusive um local para se hospedar bem baratinho e confortável.

No outro dia, fui ao CASV ( Centro de Atendimento  ao Solicitante do Visto) e depois fomos ao Instituto Brenannd, um museu imperdível com um espaço maravilhoso para passar a tarde. Primeiro, almoçamos no restaurante Castelus e depois passeamos pelo Museu. O restaurante não é barato, mas vale muito a pena para uma comemoração ou momento especial. A noite, fomos à Boa Viagem, andamos pela orla e visitamos a feirinha que fica ao lado da Igreja da Boa Viagem. Não deixe de ir. Na feirinha encontramos confecção, artesanato, lembrancinhas, artigos cama, mesa e banho. Tudo com um preço bom, basta pesquisar e pechinchar.

Praia de Boa Viagem, Recife


Atrás da feirinha tem outra feira, só que de alimentos. E muuuito variada e convidativa. É bolo, torta, acarajé, pastel, caldo de cana, tem barzinhos e lanchonetes e um restaurante. Compramos um empadão e sentamos para ouvir uma apresentação voz e violão gratuita.

No outro dia, depois da entrevista no Consulado, pegamos a pista rumo às Alagoas. Se tivéssemos mais tempo acrescentaríamos um desses destinos:
  • Olinda
  • Porto de Galinhas
  • Praias do Carneiros ( praia privada e paga-se para entrar)

Alagoas

Entramos em Alagoas e tomamos um susto com a cor daquele mar: azul de cair o queixo, lindo demais! Neste dia, fizemos o seguinte:
  • Rota Ecológica: Ponta do Mangue, Maragogi, Mirante Japaratinga (trajeto feito apenas de carro)
  • travessia de balsa de Japaratinga até Porto de Pedras, através do Rio Manguaba.
Tá vendo os coqueiros? Ali é a rodovia ... fica bem perto do mar ... estacionou, desceu e dá de cara com este marzão!

Japaratinga



Mirante de Japaratinga, fácil de acessar

travessia de barco para pessoas

travessia de balsa para carros

Rio Manguaba - a travessia ocorre sempre, não demora muito não e custa 16 reais.

a linda Porto de Pedras
Após travessia, continuamos o trajeto até Passo Camaragibe, onde almoçamos num restaurante em frente ao Banco do Brasil, ao lado da Polícia Militar, é caminho para Barra de Santo Antônio, não tem dificuldade em achar. O buffet tinha acabado, mas a dona do restaurante, gentilmente foi lá na cozinha e pediu para preparar 3 PF's ( prato feito) que estavam deliciosos e saiu a 12 reais cada e muito bem servidos. 

Onde Ficar em Alagoas

Chegamos em Barra do Santo Antônio, ligamos pro Arnaldo, dono da Pousada e Hostel Paraíso e ele foi ao nosso encontro em frente a Delegacia de Barra. Uma parte do trajeto é por estrada de terra, mas nada que dificulte a passagem e não leva nem 1 minuto.

A localização da Pousada e Hostel é perfeita. A vista é belíssima, na verdade, é um sítio que o Arnaldo e a mãe, Dona Terezinha, estão adaptando para os hóspedes, mas é um espaço muito agradável, bonito e simples. Foi um achado na Internet, pois pra época do Carnaval, encontrar uma pousada cobrando 30 reais a diária por pessoa, em Alagoas, nesta região, não é tarefa fácil. Mas encontramos e recomendamos muito! Maragogi é bom? É! Japaratinga é interessante? É! Mas esta hospedagem na Barra do Santo Antônio oferece um excelente custo benefício.

nosso quarto e com uma mangueira na porta, frutos deliciosos



área a vontade para crianças

vista para a Barra

isto é o amanhecer visto da Pousada



Se você estiver de carro, estando em Barra de Santo Antônio, você poderá conhecer todo o Litoral Norte de Alagoas e pagando bem pouco na hospedagem. Barra de santo Antônio está a 45 minutos de Maceió. Ou seja, sua viagem vai ser bem aproveitada e barata. Para ver como são os quartos clique aqui e veja o site da Pousada.

Num dia fizemos:
  • Barra do Santo Antônio
  • Praia de Tabuba
  • Praia Sonho Verde
  • Praia Paripueira
  • Praia de Carro Quebrado
Praia de Tabuba é pertinho de Barra, de lá caminhamos uns 40 minutos até Paripueira. Temos que ficar atento a maré, pois sobe relativamente rápido e a volta pode complicar. Tem uma travessia de Rio, mas é super fácil o trajeto mesmo com a maré subindo.








Quando chegamos em Paripueira, perguntei sobre as piscinas naturais e a senhora que trabalha numa barraca apontou para o mar. A maré tava bem baixa, fui caminhando, mas caminhei muuuito mesmo. Me deliciei nas piscinas, mas não vi nenhum peixinho, nem nada, mas foi uma sensação maravilhosa ter uma piscina quase em alto mar só para mim. Se você quiser fazer os passeios para as piscinas mais famosas, precisa andar mais um pouco e perguntar aos jangadeiros e barqueiros o valor do serviço e como chegar.

Praia de Paripueira


Ficamos na Barraca da Tia Mara. É a primeira em Paripueira, sentido Sul. Produtos muito baratos e deliciosos. Taí uma grande diferença entre o turismo na Bahia e em Alagoas, o preço. A Bahia é um destino internacional e muitas localidades tem preços quase que extorsivos aplicados aos turistas estrangeiros e por extensão aos nacionais também, e o pior: sem justificativa. O turismo em Alagoas é bom, bonito e muito mais barato que na Bahia, mesmo que não tenha a mesma infra estrutura.

acarajé feito da maneira alagoana ( com batata e camarão fresco) e muito saboroso...

veja como o turismo em Alagoas é bom, bonito e barato

caldinho de massunin

Gostou do Blog? Dá uma curtida aqui:
Voltamos para Barra de Santo Antônio e fomos conhecer a Praia de Carro Quebrado. É fácil chegar? É! Mas deixo algumas observações para que você não tenha surpresas desagradáveis:
  1. coloque no GPS ou no Google Maps "mirante carro quebrado" e não vai ter erro. Você vai "bater" no Mirante certinho;
  2. a estrada é de terra e lama, poucos trechos com calçamento de pedra, se chover muito o local ficará inacessível;
  3. o trajeto é deserto e passa por canaviais sem nenhuma sinalização. A movimentação maior é aos finais de semana e feriados, então tenha cuidado com a segurança. Assaltos é algo que acontece sim nesta localidade; 
  4. depois que chegar ao mirante e tirar fotos, desça mais um pouquinho de carro mesmo, estacione e siga andando até a parte de baixo e encontrará uma barraca, a única, rsrs;
  5. vou reforçar: use o GPs ou ative o localizador do Google Maps em seu celular. Vi esta sugestão num comentário no TripAdvisor e é certeiro!
Carro Quebrado é uma praia deserta eleita uma das mais bonitas do Brasil. Lá encontramos apenas a barraca de dona Elma que serve peixe frito (50 reais) e cerveja. A praia é legal, quando a maré sobe fica com ondas. E se você tiver disposição, pode caminhar da Praia de Barra de Santo Antônio até Carro Quebrado, mas prepare as pernas, é chão viu!

uma das mais lindas praias do mundo




única barraca da praia
No outro dia, recebemos um convite para conhecer a praia privativa de Morros de Camaragibe. Um lugar de muita beleza e tranquilidade, tranquilidade demais ... fizemos churrasco com amigos e desfrutamos de um momento inesquecível!










Realizar um churrasco entre amigos numa praia privativa, em Alagoas? muito  privilégio!
Se você quiser visitar esta praia, terá que atravessar a Barra de Camaragibe de barco e caminhar pela  praia. Não tem barraca, não tem restaurante, não tem nada neste lugar. Só as casa dos donos do terreno. Se não fosse este convite, teríamos ido conhecer:
  • Praia do Patacho
  • Praia de São Miguel dos Milagres
No outro dia, saímos cedo da Pousada Paraíso e nosso destino foi a Bahia. Antes passamos por:
  • Maceió: Praia de Pajuçara ( apenas para tirar fotos e visitar a Feira);
  • Mercado Público Municipal (muito melhor que as feiras da Orla).
O letreiro "Eu amo Maceió" é super fácil de achar. Fica próximo a Praia de Ponta Verde, dobrou uma curva acentuada, esbarrou na placa, rsrs ... estacionamos e fomos brigar por um espaço pra fotografar. É preciso ir pro meio da pista pra pegar o nome todo.



Seguimos mais a frente, visitamos as Feiras, uma fica do lado da praia e a outra fica num espaço que parece um shopping. Mas o que nós gostamos mesmo foi do Mercado Público Municipal. Não recebe a mesma atenção que as Feiras da Orla, porém é muito mais genuíno, barato e autêntico, à começar pelos vendedores, como dona Maria e o esposo que trabalham lá a mais de 60 anos e atendem numa maior simpatia e simplicidade. Tem vários artigos de cerâmica, palha, sisal, couro, cabaça, confecção e lembrancinhas. Se você for em Maceió, não deixe de visitar o Mercado Público.  Vale a pena! Vou fazer um post só pra ele...



Se tivéssemos mais tempo, iríamos a Praia do Francês e Barra de São Miguel.

Continuamos rumo à Bahia e almoçamos num restaurante na beira da estrada antes da entrada Praia do Francês. Um almoço barato e muito gostoso. Comemos um catado de siri e uma ensopado de peixe, que não é moqueca, pois não é feito com azeite de dendê, mas que estavam saborosíssimos!

não é  moqueca, mas confesso que estava ma-ra-vi-lho-so, e por apenas 14 reais, acompanhado de arroz e pirão e deu para 3 pessoas.


Cogitamos ir beirando o Litoral até Piaçabuçu, atravessar o Rio São Francisco em Penedo e daí seguir até Aracaju, mas deixamos a rodovia AL-101 e voltamos para a BR-101 para adiantar o lado. Na altura de Maruim (SE), saímos da 101 e pegamos a SE-240. Não tem placa indicando nada, passei da entrada, dei ré e seguimos. Tem que prestar atenção no GPS. Uma estrada boa e tranquila.

Segue o trajeto que fizemos:



Sergipe

Chegamos em Aracaju para ver o pôr do sol e atravessamos algumas de suas ponte:
  • Construtor João Alves, que liga Barra dos Coqueiros a Aracaju;
  • Godofredo Diniz, que liga o bairro de Jardins a Atalaia;
  • José Silveira, que liga o bairro Mosqueiro a Praia do Saco;
  • Gilberto Amado, que liga Praia do saco a Indiaroba.

Antes de atravessar as pontes José Silveira e Gilberto Amado, caminhamos pela Orla de Aracaju, mas como já era noite, não demoramos pois queríamos chegar logo em Salvador. Se tivéssemos mais tempo, pernoitaríamos para fazer um passeio até Mangue Seco (Bahia).



Nossa ansiedade era tanta de chegar em casa que parecia uma eternidade chegar na Linha Verde. Mas enfim chegamos e esta rodovia é sem comentários, uma estrada excelente. Se você por motivo de força maior precisar dirigir a noite por ela, pode ir tranquilo.

Então galerinha, este foi nosso roteiro, embora bem apertadinho, gostamos muito e pretendemos voltar em alguns lugares para explorar mais. Só pra reforçar, nosso roteiro ficou assim:

1º dia: Recife
2º dia: Rota Ecológica de Alagoas
3º dia: Praia de Tabuba, Sonho Verde, Paripueira e Carro Quebrado
4º dia: Praia Morros de Camaragibe
5º dia: Maceió, Aracaju e chegada em Salvador

Confira outra viagem de carro que fizemos: Roteiro de 13 dias pelo Sul da Bahia

Siga o Vaneza com Z em:


O blog Vaneza com Z não possui parceria/ convênio com as empresas/ serviços citados no texto.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...