quinta-feira, 27 de abril de 2017

Experiências gastronômicas: do acarajé baiano até a galette francesa, passando pelo curanto chileno e muito mais

Comer, comer, comer
Comer, comer, comer
É o melhor para poder crescer...!




E se você juntar comida e viagem? Hum ... o resultado é este post delicioso, recheado de comidas de vários lugares do mundo que tive a oportunidade de experimentar e que faz parte a Blogagem coletiva #experienciasgastronomicas. Tá na mesa pessoal, rsrs.






1. Acarajé  


O que é? Bolinho da massa de feijão-fradinho frito em azeite de dendê.

De onde vem? É uma especialidade gastronômica das culinárias africana e afro-brasileira.

Como faz? O processo envolve deixar o feijão fradinho de molho, moer, e bater bem com uma colher de pau para que fique uma massa bem fina. Daí, acrescenta-se cebola ralada e um pouco de sal. O segredo para o acarajé ficar macio é o tempo que se bate a massa.

Onde encontrar? Em vários estados brasileiros, mas é um prato típico da Bahia.

acarajé em Cira, em Itapuã, Salvador

2. Maniçoba

O que é? prato feito com a folha da mandioca cozida.

De onde vem? de origem indígena.

Como faz? O preparo envolve cozinhar bem as folhas moídas da mandioca e depois acrencentar carne salgada, carne de porco, defumados e outros. Comumente dizemos que é uma feijoada, mas ao invés de colocar feijão, colocamos as folhas da mandioca.

Onde encontrar? no estado do Pará e no Recôncavo baiano, sobretudo dos municípios de Cachoeira e Santo Amaro.

3. Moqueca


O que é? É um tipo de guisado feito com peixe, frutos do mar, carne ou ovos.

De onde vem? A palavra vem do quimbundo mu'keka e o prato tem origem indígena ou africana.

Como faz? O preparo envolve cozinhar o peixe no leite de coco e dendê e acrescentar bastante tempero (coentro, cebola, tomate, pimentão, camarão seco e pimenta-de-cheiro), e de preferência servir numa panela de barro.

Onde encontrar? Espírito Santo, Bahia, Pernambuco e Pará. E eis a explicação da nossa moqueca baiana levar azeite de dendê: "Segundo o folclorista Câmara Cascudo em sua "História da Alimentação no Brasil" (1983), em Salvador ficou uma concentração negra mais homogênea, possibilitando a "defesa das velhas comidas africanas", mais do que em outros locais."

Bar da Neinha, Plataforma, Salvador

4. Tacacá 

O que é? É uma espécie de bebida ou sopa, servida em cuias e vendida pelas "tacacazeiras".

De onde vem? Sua origem é dos indígenas e, segundo Câmara Cascudo, deriva de um tipo de sopa indígena denominada mani poi.

Como faz? É preparado um caldo fino e bem temperado geralmente feito com sal, cebola, alho, coentro do norte, coentro e cebolinha e, principalmente, um caldo amarelado, chamado tucupi. Coloca-se esse caldo por cima da goma de tapioca, também servida com camarão seco e jambu.

Onde encontrar? Iguaria típica da culinária amazônica e pode ser encontrada nos estados do Amazonas, Pará, Acre, Roraima, Amapá e Rondônia.

Tacacá, a esquerda, farofa de camarão , a direita.

5. Vatapá

O que é? Um creme típico da culinária afro-brasileira.

De onde vem? O vatapá é de origem africana, e chegou ao Brasil por intermédio dos africanos iorubás com o nome de ehba-tápa.

Como faz? O seu preparo pode incluir pão molhado ou farinha de rosca, fubá, gengibre, pimenta-malagueta, amendoim, cravo, castanha de caju, leite desnatado, azeite de oliva, cebola, alho e tomate. Pode ser preparado com camarões frescos inteiros, ou secos e moídos, com peixe, com bacalhau ou com carne de frango, acompanhados de arroz.

Onde encontrar? É um prato típico da cozinha da Bahia. Também é popular no Amazonas, no Amapá e no Pará, onde a receita sofre variações como a ausência de amendoim e de outros ingredientes comuns na versão tradicional.

vatapá com camarão e folha de jambu
6. Acaí

O que é? Suco ou pirão e cujo gomo terminal constitui o palmito.

De onde vem? O termo "açaí" é oriundo do tupi yasa'i, "fruta que chora", numa alusão ao suco desprendido pelo seu fruto.


Como faz? O açaí deve ser primeiramente despolpado em máquina própria ou amassado manualmente (depois de ficar de molho na água), para que a polpa se solte e, misturada com água, se transforme em um suco grosso também conhecido como vinho do açaí.

Onde encontrar? Os estados do Pará e Amazonas, no Brasil, são os maiores produtores da fruta, porém é possível encontrar açaí em vários estados brasileiros. Mas sinceramente, açaí fora da região Norte é uma mistura rotulada de açaí.

7. Farofa e bolinho de piracuí

O que é? Uma espécie de farinha de peixe muito conhecida e consumida na Amazônia. Ele é produzido a partir de diferentes espécies; o mais comum é o acari, mas também se faz piracuí de tamuatá, de cujuba e até de tambaqui.

De onde vem? Origem indígena.

Como faz? O peixe é descascado, assado e moído. Posteriormente os ossos e espinhas maiores são retirados. A farinha tem sabor e odor característicos de pescado. O piracuí pode ser utilizado em farofas, tortas e no famoso e muito consumido: bolinho de piracuí.

Onde encontrar? Região amazônica em especial no Pará.

farofa de piracuí no Restaurante Casa do Saulo em Alter do Chão
Gostou do Blog? Dá uma curtida aqui:
8. Tracajá Assado com farofa no casco

O que é? É a tartaruga da Amazônia assada na brasa e o seu casco usado para servir a farofa.

De onde vem? origem indígena.

Como faz? Essa espécie de tartaruga amazônica tem a carne muito apreciada ao molho e é acompanhada com farofa do miúdo assada na própria casca e também seus ovos são muito degustados em gemadas.

Onde encontrar? Muito apreciada no norte do país, é o prato chefe de muitos restaurantes.



 ___________________________________________________



1. Apfelstrudel

O que é? Strudel é massa folhada. Apfel é maça. Ou seja, folhado de maçã.

De onde vem? É uma sobremesa tradicional austríaca, nascida em Viena, tendo-se tornado popular internacionalmente.

Como faz? A arte da preparação consiste em fazer a massa muito fina e elástica. Diz-se que cada camada deve ser suficientemente fina para se conseguir ler um jornal através dela. Por vezes, é utilizado rum para intensificar o sabor. Geralmente é recheado com maçãs cortadas em quadrados pequenos, canela, passas e migalhas de pão. Outros ingredientes possíveis são os pinhões, as nozes e as amêndoas.

Onde encontrar? Na Alemanha e em muitos países que outrora fizeram parte do Império Austro-Húngaro.

Apfelstrudel no Hofbrauhaus de Berlim

2. Wiener schnitzel

O que é? Significa em alemão, escalope à moda de VienaEm português, este tipo de preparado é frequentemente designado como bife panado ou bife à milanesa.

De onde vem? Talvez do Império Bizantino que daí se espalhou para a Península Ibérica até chegar na Itália. E por fim, a difusão do bife à milanesa pelo mundo é atribuída aos austríacos.

Como faz? O preparo envolve empanar o bife de carne ou vitela, e depois fritá-lo na manteiga ou banha de porco. As migalhas de pão são, por vezes, temperadas com pimenta preta recém moída. É servido com salada de batatas e rodelas de limão.

Onde encontrar? Na Áustria, Alemanha, Croácia, Hungria, República Checa, Eslováquia e Eslovênia.

schnitzel em Praga
3.Goulash

O que é? Uma sopa de carne picada às vezes servida em um pão redondo bem grande.

De onde vem? Com origem na Hungria, significa comida de vaqueiros.

Como faz? Carne de vaca picada, a que por vezes se adiciona carne de porco, cortada em cubos e rapidamente alourada em gordura quente, junta-se então farinha, cebola e especiarias, sendo depois o conjunto cozido em água.

Onde encontrar? Hoje é popular também na Áustria e, em geral, em toda a extensão do antigo império austro-húngaro.

um delicioso goulash acompanhado de um boa cerveja tcheca

4. Galette des rois

O que é? O “bolo rei”  é uma torta feita à base de massa folhada e recheada de compota de frutas ou de pasta de amêndoas.

De onde vem? Da celebração da Epifania do Senhor ou Dia de Reis.

Como faz? Forra-se uma forma com a massa folhada, coloca-se o recheio, cobre-se com a massa folhada  e vai ao forno.

Onde encontrar? Principalmente popular na França durante a época do Natal, o festival é apreciado em outros lugares também, incluindo a cidade de Nova Orleans, onde foi introduzido pelos colonizadores franceses e espanhóis.

5. Fondant au Chocolat ou Petit Gateau

O que é? Uma sobremesa composta de um pequeno bolo de chocolate com casca crocante e recheio cremoso servido geralmente acompanhado de sorvete.

De onde vem? boa pergunta ... seria uma sobremesa italiana? ou americana? Bom, o que dizem é que foi uma receita feita errada, mas que deu certo.

Como faz? O preparo envolve farinha de trigo, açúcar, chocolate meio amargo, ovos, manteiga que são misturados aos poucos e depois a mistura é colocada numa forma e levada ao forno para assar.

Onde encontrar? Atualmente encontramos esta sobremesa no mundo todo, mas na França ele é chamado de fondant au chocolat.

fondant au chocolat que minha amiga Cristina me ensinou em Paris

6. Samojero

O que é?  Sopa cremosa.

De onde vem? Sul da Espanha, da região de Andaluzia.

Como faz? É confeccionada com tomate, alho, miolo de pão, azeite, vinagre e sal.

Onde encontrar?  Em várias regiões da Espanha.

salmojero no Restaurante Alhambra, em Madrid

7. Bacalhau com natas

O que é? Lascas de bacalhau levadas ao forno com creme de leite e azeite.

De onde vem? O bacalhau é dos mares normandos e a receita é portuguesa.

Como faz? O processo envolve dessalgar o bacalhau, cozinhar, despedaçar o bacalhau em lascas rudimentares, adicionar creme de leite e azeite de boa qualidade misturando tudo muito bem. O creme de leite e o azeite devem formar um molho.

Onde encontrar? Portugal.

um bacalhau esperto no Porto

8. Curanto

O que é? Uma mistura de mariscos, carnes, linguiça e outros produtos que são cozidos num buraco e servidos num prato a mesa.

De onde vem? Do sul do Chile.

Como faz? Seu preparo original é em um buraco cavado no chão e coberto com pedras e folhas, chamada nalca o pangue, o que forma um tipo de panela de pressão.

Onde encontrar? Prato típico da Ilha de Chiloé e que se espalhou pelo sul do Chile, inclusive pela Patagônia Argentina.

curanto em Angelmó, Puerto Montt

9. Pastel de choclo

O que é? Pastel em espanhol significa bolo ou torta e choclo significa milho, portanto, bolo de milho.

De onde vem? Origem peruana.

Como faz? O preparo envolve ralar o milho que vira uma pasta e acrescentar recheio que pode ser de carne ou frango moídos e é levado ao forno. Lembra muito o nosso escondidinho...

Onde encontrar? Não consegui descobrir ao certo, mas creio que no Peru e no Chile.

10. Cordero Fueguino

O que é? Cordeiro assado com o calor do fogo.

De onde vem? Prato típico do sul da Argentina. Há uma diferença entre cordero fueguino e o patagônico que está relacionada com  a alimentação dos animais. O fueguino ou magalhânico é de clima úmido, enquanto o patagônico é de clima seco, caminha muito e por isso tem pouca gordura.

Como faz?  Seria como o preparo do nosso churrasco, porém com algumas técnicas próprias, o que envolve deixar o cordeiro inteiro, mas cortando algumas juntas, colocar um espeto de ferro em formato de cruz e depois coloca-se água e sal , e põe para assar por quase 3h

Onde encontrar? En terras fueguinas no sul da Argentina.

um cordero fueguino mais requintado no restaurante Bodegon Fueguino, em Ushuaia
Eu ia falar das bebidas, mas deixa quieto, fica para outro post, rsrs.

Este post faz parte da Blogagem Coletiva do Grupo Pequenos Grandes Viajantes e você pode conferir outros post deliciosos abaixo:

- Destinos por onde andei... - Minhas Experiências Gastronômicas pelo Mundo

- A Casa na Mala - 10 Comidas Estranhas pra Provar na Europa

- Tire a Bunda do Sofá - As 10 melhores (ou mais estranhas) comidas que comi em 2016

- Mochilão Barato - O melhor da comida capixaba

- Uma Viagem Diferente - O que e onde comer em Asuncion, no Paraguay

- Viagens Invisíveis - Comidas da Índia - O paraíso dos vegetarianos é aqui

- Pequeno Grande Mundo - Comida Típica Chilena

- Foco no Mundo - Comida dos Estados Unidos: o que não deixar de experimentar?

- Arrumei as Malas e Parti - Experiências gastronômicas por aí

- Cantinho de Ná - 20 pratos típicos que comemos em viagens

- Bagagem de Memórias - Top 10 comidas da minha volta ao mundo

- Vou pra Roma - Top 10 dicas de comidas imperdíveis em Roma

- Passeiorama - Restaurantes que amamos em Orlando

- Tirando Férias - Viajando através dos sabores


Agora me conte, qual a comida regional que você mais gostou de provar pelo Brasil e/ou pelo mundo?

26 comentários :

  1. Amanhã vou de acarajé, vatapá e moqueca. Sábado vou procurar uma maniçoba vegetariana e uma receita de Samojero (que nunca comi, mas amei a foto) para fazer... Também deu uma saudade enorme dos pastéis de belém e do bacalhau, então talvez de domingo. Que inspiração este post rsrs. Depois vou mandar a conta da academia para a Vaneza, com Z! rsrs Beijos queridona

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkk ... vc come td isso e depois vamos correr na orla, ok?

      Excluir
  2. Não resisto ao comentário clichê: que post delicioso!!! rsrs Eu adoro provar comidinhas locais quando viajam. Algumas aqui já conheço, outras me deixaram com água na boca - menos a tartaruga, acho que é o único que eu não encaro.

    ResponderExcluir
  3. E quem disse que o Brasil também não tem comida estranha, né?
    hehehehehehe

    Seu post está uma delícia...e a culinária do norte e nordeste do Brasil me encanta muito, é muita variedade e muito sabor.

    Parabéns!

    ResponderExcluir
  4. Mas esse post está uma tentação!!! Só comidas deliciosas!!! E q meus vizinhos capixabas não me ouçam (leiam) mas eu amo uma moqueca com azeite de dendê! =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com ou sem azeite são deliciosas ... pra não ter briga, a explicação é histórica.
      Bjs!

      Excluir
  5. Uau, quanta coisa diferente já experimentaste hein? Que legal! Muito bom viajar e ainda por cima experimentar pratos locais e este post ficou legal demais, com muita informação interessante. Parabéns... deu fome...

    ResponderExcluir
  6. Hmmmm! Quero tudo! Quanta coisa boa!! Me deu água na boca! Pra mim o número 1 dessa lista aí é o Acarajé! êê Bahia! :)!

    ResponderExcluir
  7. Vaneza, meu Deus! Salivei do início ao final do post e precisarei destacar os sabores do Brasil citados. Vergonha minha, mas não conheço muito destes pratos típicos do Norte, em especial. Adorei! Obrigada por compartilhar os detalhes de cada um! ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faltaram alguns pratos do Norte. Fui ver que temos uma culinária vasta e diversificada e muito ligada a nossa história.

      Bjs!

      Excluir
  8. Adorei a parte de comidas regionais do nosso Brasil! Tem muita coisa boa nessa lista.

    ResponderExcluir
  9. Huuummm, Quanta delicia. Adorei a mistura de sabores do seu post!

    ResponderExcluir
  10. O curanto al hoyo, que é esse do buraco no chão é o mais tradicional - mas é ben pra turista hahaha o a la olla - na panela - é mais gostoso! Quando voltar ao sul do Chile te levo pra provar :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oba! Vou preparar o roteiro e as malas, me aguarde.

      Abração Camila!

      Excluir
  11. Adoro quase tudo que você mostrou aqui, mas me deu uma saudade da comida Baiana!!!!
    Já estive em Salvador algumas vezes e sempre me acaboooo no acarajé. Adoroooooooo

    ResponderExcluir
  12. Olá! Adorei este artigo, logo eu que sou um apaixonado pela gastronomia. TEnho que publicar uma também das nossas especialidades do norte de Portugal :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Pedro!

      Fico no agurdo do seu post sobre a culinária de Portugal, q eu sou muito fã...

      Obrigada por comentar!

      Excluir
  13. Nossa que iradoooo, ai morri de fome com esse post. Principalmente das comidas brasileiras, que orgulho de termos uma culinária tão rica! Parabéns o post tá muito bacana.

    ResponderExcluir
  14. Que foto linda desse Tacacá, deu uma vontade muito grande de experimentar. E tomei um susto quando acabou a lista de comidas baianas e apareceu um Apfel strudel :P Agora, não posso deixar de falar das tartarugas. É bom? Edson

    ResponderExcluir
  15. Comi um vatapá no feriado, é bom demais né? Amo acarajé, é difícil comer um só, não resisto.

    ResponderExcluir
  16. Acho super interessante a variedade gastronômica do Brasil. Aqui no sul é tudo muito diferente desses pratos mencionados no post.

    ResponderExcluir
  17. Tô precisando urgente fazer uma viagem pro norte e pro nordeste! A maioria dos pratos nunca comi, uma vergonha, eu assumo! Tô muito curiosa pra comer maniçoba, não sabia que era com folha da mandioca. Post bem diversificado, com direito ao bacalhau com natas que eu amo!! Adorei! Bj

    ResponderExcluir
  18. Que post delicioso, quantas comidinhas diferentes, juro que a maioria eu nunca nem tinha ouvido falar. Além dos destinos maravilhosos também onde você pôde experimentar essas iguarias. Ansiosa pelo post das bebidinhas pelo Mundo, Vaneza! Beijos, amei o post!

    ResponderExcluir
  19. Quanta coisa gostosa! Os pratos brasileiros chamam a atenção não só pelo sabor, mas também pela beleza e apresentação. Suas fotos dão água na boca! Dos pratos internacionais provei somente o Petit Gateau, mas os outros parecem deliciosos. Ótimo post, parabéns!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...