domingo, 20 de julho de 2014

Ibicoara: trilha da Fumacinha


Uma trilha feita entre paredões...
A beleza da Chapada Diamantina é algo indescritível. Estar perto da natureza é um momento de se desligar da urbanidade e se conectar com as criações de Deus. 

Fizemos a trilha da Cachoeira da Fumacinha no Carnaval de 2013 e digo que conhecer a Chapada não é fácil nem barato. Na parte Sul da Chapada, as distâncias são consideráveis e tudo é pago. Contratar agências é prático, porem não é barato. Se você deseja explorar esta região, sugiro se hospedar em Mucugê ou Ibicoara.


Em Mucugê:
Pousada Mucugê
Recanto das Flores
Pousada Vereda
Café Preto Hospedaria
Pousada Mirante do Sincorá

Em Ibicoara:
Pousada Ibicoara - +55 77 3413.2276
Hostel Ibicoara
Recanto do Buracão
Raio do Sol
Flor de Lótus
Kabana de Pedra

Nos hospedamos na Pousada Ibicoara sob direção da Sra. Eloísa e Carla, pessoas simpáticas e prestativas. Hospedagem bem simples, ficamos num quarto triplo, R$90 a diária com direito a café da manhã. Mesmo sem luxo, depois de uma longa caminhada você se sentirá num verdadeiro hotel 5 estrelas, rsrs


Nosso trajeto até Ibicoara, explicamos no post Roteiro de 5 dias pela Chapada Diamantina e abaixo seguem algumas fotos do percurso. Para quem sai de Salvador, sugerimos pegar a BR 324 e 242. Há pedágios.

Chegada em Itaetê: essa ainda é a parte boa da estrada.


Rio Paraguaçu, genuinamente baiano

Mucugê: uma cidade "patricinha'.




Os maiores atrativos desta cidade são:

- Cachoeira da Fumacinha

porém há outros:

- Cachoeira do Licuri
- Cachoeira Véu de Noiva
- Rio Preto
- Cachoeira do Penedo
- Toca do Vaqueiro

Trilha da Cachoeira da Fumacinha em Ibicoara


Reservamos esta trilha para o primeiro dia, pois além de ser bem pesada é fundamental acordar cedo. São 40 min de carro até o início da trilha e daí, 3:30 h para ir e mais 3:30 para voltar e é imprescindível estar lá as 12h, quando os raios de sol entram pela única fresta no topo da Cachoeira e produz um brilho no salão inesquecível!

Agora vamos fazer a trilha através das imagens...

A trilha se inicia aqui, no Lago do Baixão

Ao longo do trajeto sempre surgem cachoeiras para um banho refrescante


Aí dentro se esconde uma das mais belas cachoeiras da região.


Cachoeira Fumacinha


Ao meio dia a luz solar incide na pedra no meio do poço e produz um efeito belíssimo.


A depender da época, todo o trajeto será assim: leito seco do Rio e subindo e descendo pedras...


Emoção de passar a beira de precipícios


As cores que compõe a paisagem da região...




  • acordar cedo;
  • o guia João já fez esta trilha com pessoas idosas, assim acredito que o importante não é a idade, e sim, o preparo físico;
  • meus pais tem um pouco mais de 50 anos e digo com sinceridade, suportaram a trilha muito mais do que eu;
  • não recomendo ir com crianças;
  • leve água, lanche, frutas, mas não leve peso não pois o trajeto é longo e com muito sobe e desce;
  • se você se hospedar em Lençóis, não conseguirá fazer esta trilha, por isso a melhor base é Ibicoara ou Mucugê.
  • em Ibicoara você encontra os bancos Bradesco e Banco do Brasil, mas leve dinheiro em espécie;
  • os trajetos são de difícil acesso e na maioria dos casos as trilhas não possuem demarcações. Em outros atrativos, só entramos com guia mesmo, assim indicamos o guia João uma pessoa paciente e super bacana que possuiu muito conhecimento da cidade e um site bacana sobre a região da Chapada Diamantina. Se você tiver dúvidas entre em contato pois ele é prestativo.
João Guia de Turismo:+ 55 77 99131.8280/ 98116.3211
ACVIB (Associação dos guias de Ibicoara): + 5577 3413.2048


Não esqueça de :



Siga o Vaneza com Z em:


O blog Vaneza com Z  não possui parceria/ convênio com uma das empresas/ serviços citados no texto.

3 comentários :

  1. Só tenho a agradecer por este teu relato. Agora tenho uma visão bem realista de como é esta trilha. Valeu.

    ResponderExcluir
  2. Em qual pousada vc ficou? Vc recomendaria esta pousada?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Roberto!

      Ficamos na pousada Ibicoara (no final deste post tem o contato), local simples, mas que atendeu nossas necessidades. Até porque depois das trilhas, chegávamos muito cansados, então era só cama, rsrs. As proprietárias foram muito hospitaleiras. Recomendo sim.

      Quanto a trilha, realmente é puxada e vai depender da época que você for se tiver muita chuva ou não. Entre em contato com um guia experiente e obtenha mais informações.

      Agradeço sua visita e que você tenha um ótimo passeio!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...